home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

15/09/2017

Crescimento económico dos países do G20 acelera para 0,9%

A OCDE apontou o "forte crescimento" de 2,1% registado na Turquia, que se destacou como "o mais forte entre as economias do G20" entre abril e junho.

O crescimento económico do conjunto dos países do G20 acelerou para 0,9% no segundo trimestre, face aos 0,8% do trimestre anterior, segundo estimativas provisórias da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE).

Em comunicado, a OCDE apontou o “forte crescimento” de 2,1% registado na Turquia (1,3% no primeiro trimestre), que se destacou como “o mais forte entre as economias do G20” entre abril e junho.

Com uma “significativa aceleração do crescimento” no trimestre estiveram também a China (1,7%, contra 1,3% no trimestre anterior), a África do Sul (0,6%, após uma contração de 0,1%), a Austrália e os EUA (0,8%, face aos 0,3% do primeiro trimestre).

A crescer, mas “com menos intensidade”, estiveram também a Índia (de 1,3% para 1,4%), o Canadá (de 0,9% para 1,1%), o Japão (de 0,3% para 0,6%) e o Reino Unido (de 0,2% para 0,3%).

Segundo a OCDE, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) permaneceu estável na Indonésia (1,2%), França (0,5%) e Itália (0,4%) e “abrandou marcadamente” no Brasil (de 1,0% para 0,2%) e na Coreia (de 1,1% para 0,6%).

Entre abril e junho também a Alemanha e o México viram o crescimento económico abrandar, de 0,7% para 0,6%.

Em termos homólogos, o PIB do conjunto dos países do G20 aumentou 3,6% no segundo trimestre (3,4% no trimestre anterior), com a China (6,9%) e a Turquia (6,1%) a registarem as taxas de crescimento mais elevadas e o Brasil a apresentar a taxa mais baixa (0,2%).

O G20 é o grupo dos países mais industrializados do mundo e das economias emergentes, reunido a África do Sul, Alemanha, Arábia Saudita, Argentina, Austrália, Brasil, Canadá, China, Estados Unidos da América, França, Itália, Índia, Indonésia, Japão, México, República da Coreia (Coreia do Sul), Reino Unido, Rússia, Turquia e União Europeia.

Fonte: Portugal Global



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/07/2018
Portugal pretende retomar lugar no comércio bilateral [Portugal]
16/07/2018
Quer morar em Portugal? Visto de empreendedor é opção [Portugal]
16/07/2018
Sete motivos que levam ao crescimento do comércio eletrônico no Brasil [Brasil]
16/07/2018
Mulheres Empreendedoras vão mostrar sua força nos negócios durante a BMB [Brasil]
16/07/2018
Brasil lidera fluxo de investimento de mais longo prazo entre emergentes [Brasil]
16/07/2018
Empreendedorismo de impacto social cresce no Brasil [Brasil]