home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

15/09/2017

Algarve totaliza 10,7 milhões de dormidas entre janeiro e julho

O setor hoteleiro no Algarve cresceu 7,3% no número de dormidas entre janeiro e julho, relativamente ao período homólogo, somando nos primeiros sete meses do ano um total de 10,7 milhões de pernoitas, congratulou-se hoje o Turismo da região.

O setor hoteleiro no Algarve cresceu 7,3% no número de dormidas entre janeiro e julho, relativamente ao período homólogo, somando nos primeiros sete meses do ano um total de 10,7 milhões de pernoitas, congratulou-se hoje o Turismo da região.

Citando dados revelados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), o Turismo do Algarve expressou a sua satisfação por a região ter consolidado a posição como “destino nacional líder em número de dormidas”, totalizando, só em julho, o “segundo mês mais forte para o setor “, 2,8 milhões de dormidas.

“Os principais indicadores voltaram a crescer em julho e o Algarve é o destino nacional líder em número de dormidas, com cerca de 2,8 milhões de dormidas mensais (+3,8% do que no ano anterior ou 100 mil dormidas adicionais) e acumulando mais de 10,7 milhões de pernoitas até ao momento (+7,3% do que no período homólogo ou 730 mil novas dormidas)”, destacou o Turismo de Portugal num comunicado.

Os dados do INE revelam também, segundo o Turismo de Portugal, que “o Algarve ultrapassa pela primeira vez os dois milhões de dormidas de estrangeiros no mês de julho (+4,4% do que em 2016)” e “no total dos primeiros sete meses do ano os não residentes registam perto de 8,7 milhões de dormidas (+8,5%)”.

A mesma fonte sublinhou a importância das dormidas dos residentes nos “bons resultados do destino”, onde foram “registadas 730 mil dormidas de portugueses só em julho (+2,3%) e dois milhões de pernoitas no período de janeiro a julho (+2,7%)”, quantificou.

“Em julho a hotelaria da região algarvia supera o meio milhão de hóspedes (+2,3%) e em termos acumulados atinge 2,3 milhões (+5,6%). Quanto aos proveitos totais, alcançam os 181 milhões de euros mensais (+11,2%) e acumulam até à data um montante de 542 milhões de euros (+15,1%)”, cifrou o Turismo de Portugal.

Citado no comunicado, o presidente da Região de Turismo do Algarve, Desidério Silva, expressou a convicção de o ano de 2017 vir a ser “o melhor de sempre, fruto do aumento das receitas e de turistas ao longo do ano”.

“Se tudo correr bem, ficaremos muito próximo dos 20 milhões de dormidas e, a este ritmo de crescimento, poderemos alcançar os mil milhões de euros de proveitos totais na hotelaria. Uma coisa nunca vista em nenhum outro destino nacional”, afirmou Desidério Silva.

Fonte: Dinheiro Vivo



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/05/2018
Novo embaixador de Angola em Portugal prioriza consolidação das relações de cooperação
18/05/2018
Portugal XXI: o futuro de Portugal discute-se este sábado em Cascais
18/05/2018
Japão e Brasil buscam promover comércio e investimentos em infraestruturas [Brasil]
18/05/2018
Infraestruturas de Portugal investe 3,4 ME em obras na Linha da Beira Baixa [Portugal]
18/05/2018
Espanha vai convocar Portugal e França para reunião sobre negociação da PAC [Portugal]
16/05/2018
Mercosul e União Europeia podem fechar acordo de livre comércio [Brasil]