home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

21/09/2017

Casas ficam mais caras... e mesmo assim vendem-se mais

Os portugueses estão a ser confrontados com custos cada vez maiores na hora de comprar habitações, mas ainda assim, há quem pague.

O índice de Preços da Habitação em Portugal continua a aumentar. Segundo o destaque estatístico revelado esta quarta-feira pelo INE, o preço médio das casas em Portugal aumentou 8% no segundo trimestre de 2017, em comparação com o mesmo período do ano passado. Esta variação é 0,1 pontos percentuais superior à registada no período homólogo.

A inflação foi particularmente notória nos novos alojamentos, como revela o Instituto Nacional de Estatística: "A taxa de variação homóloga dos preços dos alojamentos novos foi 5,4%, 1,2 pontos percentuais acima do registado no trimestre anterior. Este foi o segundo período consecutivo em que se verificou uma aceleração dos preços dos alojamentos novos, o que contrasta com a evolução observada para os alojamentos existentes, cuja taxa de variação homóloga passou de 9,2% no primeiro trimestre de 2017 para 8,9%".

Olhando para o número total de habitações vendidas, o aumento foi de 16,1% face ao mesmo período de 2016 e de 4,9% na comparação com o primeiro trimestre; no total, foram transacionadas 36.886 casas entre abril e junho deste ano. O valor total das vendas registou uma subida ainda mais impressionante: cerca de 23,3% na comparação homóloga e 6,3% face ao primeiro trimestre de 2017. O valor total dos alojamentos vendidos atingiu 4,6 mil milhões de euros, dos quais 3,7 mil milhões foram obtidos com a transação de casas já existentes e 920 milhões foram conseguidos com a venda de habitações novas.

Fonte: Portugal Global



NOTÍCIAS RELACIONADAS
13/11/2018
Governo vai reformular seguro para exportações [Brasil]
13/11/2018
Portugal registou uma das maiores descidas na taxa de desemprego em setembro [Portugal]
13/11/2018
Faturamento do setor de serviços em SP vai a R$ 29,3 bi e bate recorde [Brasil]
13/11/2018
Infraestruturas de Portugal já investiu até setembro mais que em todo ano de 2017 [Portugal]
13/11/2018
Produção na construção cresceu 4,2% em setembro [Portugal]
13/11/2018
Portugal está entre os melhores destinos para gozar a reforma [Portugal]