home > notícias

ASSOCIADOS

01/11/2017

Nacionalidade portuguesa: como conseguir a sua? [BR-VISA]

Conversão da Aquisição da Nacionalidade Portuguesa em Atribuição.

A alteração da lei de nacionalidade portuguesa, que entrou em vigor no dia 03 de julho de 2017, mudou o efeito no processo de nacionalidade portuguesa para netos de cidadão português.

De acordo com a alteração, a cidadania conferida aos netos de cidadão português passa a ter o mesmo efeito da nacionalidade originária (processo de pais para filhos). Esse pequeno detalhe é muito importante, pois muitas pessoas deixaram de fazer o seu processo de nacionalidade portuguesa justamente por não poder passar aos seus filhos.

Como era antes da alteração da lei?
Antes da alteração da lei, o neto de cidadão português que fez o processo de nacionalidade portuguesa, poderia passar a cidadania somente aos filhos que fossem menores de idade no momento da aquisição. Dessa forma, os filhos maiores de idade ficavam impedidos de fazer o processo de cidadania portuguesa.

Atualmente, o processo de aquisição de nacionalidade aos netos de cidadão português não tem mais este efeito impeditivo. Dessa forma, o neto pode fazer o processo de aquisição de nacionalidade portuguesa com efeito de originária, garantindo a possibilidade de passar a nacionalidade aos filhos de qualquer idade.

Fiz o processo antes da alteração da lei. Existe alguma forma de reverter o efeito?
Não existe uma forma de reverter o efeito, mas sim fazer uma conversão da forma de nacionalidade portuguesa obtida. Os netos de cidadão português que fizeram o processo antes da alteração da lei podem fazer o processo de Conversão da Aquisição de Nacionalidade em Atribuição, possibilitando usufruir dos efeitos da nacionalidade que filhos de cidadão português obtém com processo de nacionalidade.

Laços efetivos com a comunidade portuguesa
A apresentação de provas de laços efetivos com a comunidade portuguesa para os processos de netos continuam sendo exigidas mesmo após a alteração da nova lei. A não apresentação destas provas enseja no indeferimento do processo de nacionalidade em Portugal.

Cada caso deve ser analisado individualmente para verificar o meio de fazer prova dos laços efetivos para instruir o processo de nacionalidade portuguesa.

Fonte: BR-Visa



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/01/2019
Auto Sueco entrega o primeiro volvo FH LNG em Portugal [NORS]
16/01/2019
Justiça pela Paz em Casa: prioridade para julgar casos de violência doméstica [Capistrano Sociedade de Advogados]
16/01/2019
A proteção patrimonial e o risco da penhora do bem de família caracterizado como de “alto padrão” [Menna Barreto]
16/01/2019
Sancionada a Lei que regulamenta a Multipropriedade no Brasil [FCB Legal]
16/01/2019
Vamos construir um diferencial? [Galpão 162]
16/01/2019
Um Porto de partida [Eirostec]