home > notícias

ASSOCIADOS

09/01/2018

Lucro do banco Finantia aumenta 35% para 19,4 milhões de euros [Finantia]

O lucro líquido consolidado do banco Finantia aumentou 35% para 19,4 milhões de euros no primeiro semestre deste ano, face ao período homólogo de 2016, anunciou esta quinta-feira a instituição.

Em comunicado, o Banco Finantia diz ter reforçado a “solidez financeira” no período em análise, com o Common Equity Tier I (CETI -fully loaded) a situar-se nos 23%, “um dos mais elevados da banca ibérica” e acima dos 21,7% do primeiro semestre de 2016.

Até junho, o produto bancário (líquido de imparidades e provisões) aumentou de 29,4 para 36,4 milhões de euros, tendo-se os custos operacionais situado em 11,1 milhões de euros, o que se traduziu num rácio (cost-to-income) de 30%, que a instituição diz ser “um dos mais eficientes entre os bancos europeus”.

Os depósitos de clientes aumentaram 18% para 816 milhões de euros, refletindo “a estratégia de alargamento da base de clientes do Banco Finantia quer em Portugal quer em Espanha, e o aumento do reconhecimento da sua banca privada”, referem.

Em 30 de junho, os ativos totais do Finantia somavam 1.926 milhões de euros, um “ligeiro aumento” face ao período homólogo, enquanto a situação líquida foi reforçada para 424 milhões de euros, depois do pagamento de 15 milhões euros de dividendos em junho.

Na nota, o Finantia diz estar a prosseguir a expansão da sua atividade operacional nas várias áreas em que opera: banca privada, mercado de capitais e banca de investimento.

Para apoio às suas atividades internacionais, o banco Finantia tem filiais em Espanha (banco Finantia Sofinloc), no Reino Unido (Finantia UK), em Malta (Finantia Malta), nos EUA (Finantia USA) e no Brasil (Finantia Brasil).

Fonte: Observador



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/01/2019
Auto Sueco entrega o primeiro volvo FH LNG em Portugal [NORS]
16/01/2019
Justiça pela Paz em Casa: prioridade para julgar casos de violência doméstica [Capistrano Sociedade de Advogados]
16/01/2019
A proteção patrimonial e o risco da penhora do bem de família caracterizado como de “alto padrão” [Menna Barreto]
16/01/2019
Sancionada a Lei que regulamenta a Multipropriedade no Brasil [FCB Legal]
16/01/2019
Vamos construir um diferencial? [Galpão 162]
16/01/2019
Um Porto de partida [Eirostec]