home > notícias

MUNDO

15/01/2018

Estude em Portugal usando pontos do ENEM

Em 2014, a Universidade de Coimbra foi a primeira instituição de ensino superior de Portugal a aceitar a nota do Enem. Assim como no Brasil, a pontuação necessária para ser aceito depende do curso escolhido. Entre os cursos que os estudantes brasileiros, que obtiveram mais de 600 pontos no ENEM, podem se candidatar, estão Farmácia, Psicologia e Engenharia Biomédica, do Ambiente, Eletrotécnica e de Computadores, assim como Engenharia Física, Mecânica e Química. Os interessados podem se candidatar às vagas até o final de janeiro e em outros dois períodos, em março e junho. As aulas começam em setembro. Para os demais cursos clique aqui.

A duas horas de carro de Lisboa, a Universidade de Coimbra – considerada Patrimônio da Humanidade pela UNESCO e com mais de 700 anos de história, tornou-se uma ótima opção para estudantes brasileiros. Para estudar na UC é preciso se dedicar até mesmo fora do horário das aulas. Além disso, ter flexibilidade para lidar com diferenças culturais é essencial. A relação com os professores é diferente do Brasil, caracterizada por um certo distanciamento. Os mestres são chamados de “senhor doutor”. O aluno em Coimbra precisa ser proativo, ir à biblioteca, buscar e construir o conhecimento fora de sala de aula. O resultado de tanta dedicação é um diploma de peso, reconhecido em mais de 57 países, incluindo toda a União Europeia e os Estados Unidos.

Além de aprender o sotaque dos colegas portugueses, os brasileiros em instituições lusitanas podem encaixar em suas grades curriculares aulas de inglês, francês, espanhol, alemão, italiano, mandarim, entre outras línguas, conforme ele preferir.

Para os mais estudiosos há ainda a Bolsa de Mérito. De acordo com a sua nota de entrada, o aluno poderá concorrer a uma bolsa de 100%, que o libera do pagamento das mensalidades naquele ano. Se mantiver o nível acadêmico nos ano seguintes, a bolsa é renovada.

  • Banco Santander tem programas de bolsas que podem ser utilizadas por estudantes brasileiros que queiram frequentar a Universidade de Coimbra. Selecione “Programa de Bolsas Luso-Brasileiras” ou o “Programa de Bolsas Ibero-americanas” na página Santander Universidades.

A chance de viver em Coimbra traz em si a possibilidade de experimentar uma nova cultura e de conviver com uma população jovem e cosmopolita. São aproximadamente 30 mil universitários circulando por suas ruas arborizadas e parques públicos, como o popular Parque Verde. Cortada pelo Rio Mondego e a pouco mais de meia hora do mar, a paisagem de Coimbra ganha um elemento a mais com tantos estudantes em seus trajes acadêmicos, que parecem ter saído de um filme. Composto de gravata preta, camisa branca e capa também preta, o traje que data do século XIX, é usado pelos estudantes e encantam os visitantes.

Com dois mil anos de história, a cidade é marcada por uma arquitetura imponente, de muros altos e escadas medievais. A segurança e o baixo custo de vida, se comparado a outras cidades da Europa, são atrativos a mais para essa escolha, e contribuem para que a instituição receba alunos de mais de 90 nacionalidades. A Universidade oferece alojamento, e despesas como água, luz, internet e lavanderia estão incluídas na taxa mensal – dá para ter uma ideia desses e de outros custos no próprio site da UC.

Fonte: Embarque na Viagem



NOTÍCIAS RELACIONADAS
17/07/2018
Pelos labirintos de Fernando Pessoa
17/07/2018
Prêmio da Música Brasileira divulga lista dos indicados deste ano
17/07/2018
Isabel Minhós Martins é finalista de prémio literário norte-americano
17/07/2018
Summer Campus da Universidade do Algarve: uma experiência para a vida de dezenas de brasileiros
17/07/2018
Companhia de Dança quer Viseu como foco privilegiado de formação
17/07/2018
Algés volta a ser palco do NOS Alive nos próximos cinco anos