home > notícias

ASSOCIADOS

07/02/2018

TAP teve melhor mês de Janeiro de sempre [TAP]

Pela primeira vez, a TAP passou a fasquia do milhão de passageiros num mês de Janeiro, transportando 1,115 milhões de pessoas, +16% que em igual mês do ano passado. Açores e Madeira tiveram os crescimentos mais expressivos em passageiros e load factor mas a maior taxa de ocupação aconteceu nas rotas brasileiras.

No seu melhor mês de Janeiro de sempre, o aumento de passageiros transportados esteve em linha com o aumento da oferta, sublinha a companhia em comunicado, onde avança que a taxa média de ocupação dos seus aviões foi de 79%.

As rotas que tiveram maior crescimento percentual foram as das Regiões Autónomas com +35% de passageiros, seguindo-se as do Atlântico Norte (Estados Unidos da América e Canadá), com +22% e as rotas do Brasil, com um crescimento de 17%.

A taxa de ocupação mais elevada verificou-se nas rotas do Brasil, onde o load factor atingiu os  90,2%, mas o maior crescimento registado neste indicador registou-se nos voos para Madeira e Açores: +11,4 pontos percentuais

Pela primeira vez num mês de Janeiro, a TAP transportou mais de 50 mil passageiros nos voos Lisboa – Funchal (54 mil, mais 13 mil que em Janeiro do ano passado) e mais de 10 mil nas ligações entre Lisboa e Ponta Delgada (12 mil, mais 4 mil e 600 que em 2017).

Janeiro de 2018 foi também o melhor mês de sempre, em termos absolutos, no volume de passageiros transportados entre Lisboa e São Paulo, 32 mil, avança ainda a companhia no comunicado emitido.

Fonte: Turisver



NOTÍCIAS RELACIONADAS
23/05/2018
Cisa Trading: perspectiva é de melhora no desempenho das importações em 2018 [Cisa Trading]
22/05/2018
EY recebe em Londres prémio da melhor Tax Firm [Ernst&Young]
22/05/2018
Bridgestone e Auto Sueco São Paulo oficializam parceria no estado de São Paulo [Nors]
22/05/2018
Mattos Filho inaugura centro de treinamento para educação corporativa [Mattos Filho]
22/05/2018
Número de identificação fiscal em Portugal [Nacionalidade Portuguesa]
22/05/2018
Velocidade de raciocínio: porque algumas pessoas pensam mais rápido? [F&F Ensino e Pesquisa]