home > notícias

ASSOCIADOS

09/02/2018

Instituto EDP anuncia novos projetos apoiados em 2018 [EDP]

Em 2018, treze novos projetos educativos, de saúde e voltados ao esporte e à geração de renda estarão na pauta do Instituto EDP, organização que há dez anos gere as ações socioambientais do Grupo EDP. Os programas vão se somar aos 15 que continuam a todo o vapor em nove estados onde a Empresa está inserida (Amapá, Bahia, Ceará, Rio Grande do Norte, Tocantins, Espírito Santo, São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul).

 

“Queremos apoiar cada vez mais iniciativas que promovem o desenvolvimento humano e social. É por isso, que, neste ano, focamos a nossa parceria em ações e pessoas que tornam a sociedade melhor e dão oportunidade para o crescimento equilibrado e sustentável das comunidades em que atuamos”, explica Paulo Ramicelli, assessor de diretoria do Instituto EDP.

 

Confira alguns projetos:

 

Realizado em Poá, na área de distribuição de energia da EDP São Paulo, o Manobra do Bem, idealizado pela ONG Social Skate, oferece oficinas gratuitas para crianças e adolescentes em vulnerabilidade social da região, buscando a inclusão educacional, esportiva e na sociedade.

 

Brincadeira e segurança estarão juntas também em mais um ano do Brincando com Pipas, programa que, em 2018, chega também a Guarulhos. Desenvolvido em parceria com a Evoluir, a iniciativa utiliza o passatempo popular para conscientizar crianças a respeito dos riscos e o impacto que ocorrências com pipas podem gerar na rede de distribuição de energia.

 

Em São Sebastião, a parceria com o Instituto Verdescola no projeto Núcleo Socioeducativo e Gerando Amanhã promoverá a educação de mais de 700 crianças e adolescentes, estimulando a conscientização socioambiental, inclusão cultural, qualificação profissional e atuação como cidadãos junto à comunidade.

 

No Espírito Santo, a parceria com a Sociedade Amigos do Vale do Castelo (SAVAC), no projeto Recuperação de Nascentes: destinação e tratamento de efluentes domiciliares, implementará melhorias em nascentes dos municípios de Castelo, Conceição do Castelo e Muniz Freire para proteger as águas de contaminação, além de formar ambientalmente produtores rurais.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
21/08/2019
Mudança é bom. Mas como lidar com as emoções que ela provoca? [Gi Group Brasil]
20/08/2019
Apresentação de Registro Criminal por Cidadãos Estrangeiros [Asa Lawyers]
20/08/2019
Como garantir a segurança dos alimentos, da cadeia de produção do campo para o consumo [Apcer Brasil]
20/08/2019
Startups e pequenos empresários – primeiros passos [Franco Advogados]
20/08/2019
Hospital BP é reconhecido pela qualidade dos dados sobre câncer compartilhados pela instituição [BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo]
20/08/2019
Receita Federal entende que alienação de quotas de FII deve ser tributada à 20% [FCB - Sociedade de Advogados]