home > notícias

ASSOCIADOS

14/03/2018

TAP celebra hoje 73 anos [TAP]

A TAP ou a "Secção de Transportes Aéreos", nasceu a 14 de março de 1945 pela mão de Humberto Delgado.

A companhia aérea nacional celebra hoje, quarta-feira, 73 anos de existência. A TAP ou a “Secção de Transportes Aéreos”, nasceu a 14 de março de 1945 pela mão de Humberto Delgado, o então diretor do Secretariado da Aeronáutica Civil. É neste ano que são adquiridos os primeiros aviões – dois aviões DC-3 Dakota com capacidade para 21 passageiros. No ano seguinte, a companhia começou a operar, através da realização do Curso Geral de Pilotos.

São então inauguradas as duas primeiras linhas aéreas: a primeira linha comercial Lisboa-Madrid abre a 19 de setembro de 1946. Mais tarde, a 31 de dezembro, é inaugurada a “Linha Aérea Imperial” que serve a rota Lisboa-Luanda-Lourenço Marquesque contaria com 12 escalas, cerca de 15 dias de duração (ida e volta) e 24540 quilómetros de extensão. Até ao termo da década de 40, outras rotas são criadas: Paris(1948), Londres (1949) e Sevilha (1948).

Volvidos 73 anos, a TAP transportou, especificamente no mês de fevereiro passado, mais de um milhão de passageiros somando assim 12 meses consecutivos a superar o patamar mensal de um milhão de pessoas transportadas. Também em fevereiro, alcançou um total de 1 042 019 passageiros, mais 150 mil, ou 16,9%, do que em igual mês do ano passado.

Em 2018, a TAP registou também a melhor taxa de ocupação de sempre neste mês, com 80,2% dos lugares oferecidos a serem ocupados por passageiros, o que se traduz num crescimento de 1,3 pontos percentuais face a período homólogo de 2017.

O maior crescimento absoluto no número de passageiros transportados registou-se nas rotas da Europa (excluindo Portugal), com mais 92 mil, ou 17,1%, relativamente a fevereiro de 2017, para um total de 631 mil. O maior crescimento relativo voltou, contudo, a registar-se nas rotas de e para as Regiões Autónomas dos Açores e da Madeira, que aumentaram 28,3 por cento, ou mais 16 mil, para um total de 74 mil passageiros transportados.

Para assinalar a passagem dos 73 anos, a companhia lança, com o mote “Uma salva de milhas!” e no contexto do Victoria, programa de fidelização, uma campanha durante os dias 14 e 15 de março – entre as 00:00 de dia 14 e as 23:59 de dia 15 (hora de Portugal Continental) –, através da qual todos os clientes que adiram ao Programa Victoria através dos canais digitais da TAP – Flytap, IBE e App Mobile –, receberão 1.000 milhas de oferta.

TAP FAZ AÇÃO COM PASSAGEIROS DO BRASIL PARA COMEMORAR O SEU ANIVERSÁRIO DE 73 ANOS

Amanhã, 14 de março, a TAP comemora 73 anos de operações. Estarão sendo realizadas diversas ações pelo mundo e o Brasil não poderia ficar de fora das atividades de aniversário.

 A TAP também leva esta comemoração aos aeroportos onde mantém operações no País. Será realizada amanhã uma ação com os passageiros de todos os seus voos que partem do Brasil para Portugal. Para marcar mais um aniversário, a TAP enfeitará a área de check-in e distribuirá milhares de cupcakes para os passageiros. “É uma forma de prestigiar os clientes que escolhem a TAP para realizar suas viagens” afirma Francisco Guarisa, Diretor de Marketing Brasil da TAP.
 
Horários das comemorações nos aeroportos
(iniciam-se 3 horas antes do voo, na abertura do check-in)
 
Natal – Voo às 0h35
Fortaleza – Voo às 22h50
Recife – Voo às 6h00
Belo Horizonte – Voo às 18h00
Brasília – Voo às 17h55
Rio de Janeiro – 17h10
São Paulo – Voos às 16h45, 19h55 e 22h25

Fonte: Jornal Económico | Acessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/05/2018
E-Social – Sua empresa está preparada? [Master Consultores]
18/05/2018
Tivoli Hotels & Resorts estará no Casar 2018 [Tivoli Mofarrej]
17/05/2018
Advogados do Opice Blum são convidados pelo MIT para integrar júri [Opice Blum Advogados]
15/05/2018
Quais são as profissões que estão em falta em Portugal? [Nacionalidade Portuguesa]
15/05/2018
EY mostra tendência estratégica para competir em ambiente de rápida evolução da tecnologia [Ernst & Young]
15/05/2018
Avanços na área da memória dentro do cérebro [F&F Ensino & Pesquisa]