home > notícias

MUNDO

20/03/2018

Lisboa sobe cinco posições em ranking mundial de qualidade de vida

Viena assume a liderança. A capital portuguesa fica à frente de cidades como Paris, Londres, Milão, Madrid e Nova Iorque.

A cidade de Lisboa subiu cinco posições em relação ao ano passado num ranking mundial de qualidade de vida divulgado pela consultora Mercer, ocupando a 38.ª posição, à frente de cidades como Paris, Londres, Milão, Madrid e Nova Iorque.

Segundo o estudo, a capital lisboeta subiu no ranking global devido a uma "melhoria na classificação da categoria associada ao crime na cidade, que melhorou face ao ano anterior".

Viena (Áustria) assume a liderança pela nona vez consecutiva, seguida de Zurique (Suíça), Auckland (Nova Zelândia) e Munique (Alemanha).

"Viena continua a ser a cidade com melhor qualidade de vida na Europa e a nível global, fornecendo a residentes e expatriados um elevado nível de segurança, transportes públicos bem estruturados, bem como uma grande variedade de instalações culturais e de entretenimento", lê-se no estudo.

O documento enviado pela Mercer destaca ainda que "oito das cidades do top 10 se situam na Europa".

Por outro lado, as cidades com menor qualidade de vida são Bagdade, no Iraque (231.º lugar), Bangui, na República Centro-Africana (230.º) e Sana, no Iémen (229.º).

A 20.ª edição do estudo anual Quality of Living, desenvolvido pela consultora Mercer, disponibiliza ainda um ranking sobre as condições de saneamento das cidades, "que analisa as infra-estruturas relacionadas com a remoção de resíduos e esgotos, níveis de doenças infecciosas, poluição do ar, fornecimento e qualidade de água".

Relativamente ao saneamento, Lisboa encontra-se em 59.º lugar, acima de cidades como Barcelona, em Espanha, (61.º), Londres, no Reino Unido, (67.º) e Roma, em Itália (77.º).

No top 10 do ranking relativo aos níveis de saneamento estão presentes apenas duas cidades europeias: Helsínquia, na Finlândia (2.º), e Copenhaga, na Dinamarca (8.º). O pódio deste ranking é composto por Honolulu, nos Estados Unidos, Helsínquia, na Finlândia, e Otava, no Canadá.

Fonte: Publico



NOTÍCIAS RELACIONADAS
21/08/2019
Espetáculos, concertos e leituras de entrada livre no Teatro D. Maria II
21/08/2019
Évora reúne 20 músicos nacionais e estrangeiros em festival internacional
21/08/2019
'Bacurau' e 'Vida Invisível' disputam representar o Brasil no Oscar
20/08/2019
Curso gratuito de cinema arranca em outubro com António-Pedro Vasconcelos
20/08/2019
DGPC aprova projeto do Mercado Time Out Porto
20/08/2019
Número de brasileiros com estatuto de igualdade quase duplica por causa do ensino superior