home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

27/03/2018

Portugal, Espanha e França assumem "compromisso claro de defesa" das suas RUP

O primeiro-ministro destacou o "compromisso claro" hoje declarado pelos chefes de Estado e de Governo de Portugal, Espanha e França em defesa dos interesses das suas regiões ultraperiféricas no quadro do futuro orçamento da União Europeia.

"Queria sublinhar o facto de ter sido possível, juntamente com o Presidente de França e com o presidente do Governo de Espanha, reunirmo-nos com os presidentes das nossas Regiões Ultraperiféricas e afirmar um compromisso claro de defesa, no novo quadro financeiro plurianual, dos interesses das regiões ultraperiféricas, e também da sua valorização no quadro das diferentes políticas da UE, desde a política agrícola à política comercial, à política das pescas, que são particularmente importantes para as nossas regiões autónomas dos Açores e da Madeira", disse.

António Costa falava numa conferência de imprensa no Conselho Europeu, depois de hoje de manhã ter participado, juntamente com o chefe de Governo espanhol, Mariano Rajoy, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, numa reunião com representantes das RUP, entre os quais o presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, e a secretária regional do Turismo do Governo da Madeira, Paula Cabaço, para discutir as preocupações das regiões ultraperiféricas no quadro das negociações sobre o futuro orçamento da União Europeia.

Em declarações aos jornalistas no final do encontro, que serviu para a entrega formal da posição das regiões ultraperiféricas sobre o quadro financeiro plurianual para o período pós-2020, Vasco Cordeiro salientou a "natureza histórica" da reunião, a primeira a juntar "os responsáveis dos três Estados que têm regiões ultraperiféricas com representantes das regiões ultraperiféricas, em simultâneo".

"Isso, no atual momento, é um sinal político muito forte de compromisso desses Estados com as questões da ultraperiferia. Esta reunião permitiu no fundo transmitir de viva voz e colher também de viva voz a sensibilidade, por um lado, dos Governos nacionais em relação a estas matérias, e também, da parte das regiões ultraperiféricas, transmitir as nossas preocupações", apontou o presidente do executivo açoriano, que também preside à Conferência das Regiões Periféricas e Marítimas da Europa (CRPM).

Também a secretária regional do Turismo e Cultura do Governo Regional da Madeira, Paula Cabaço, sublinhou a "reunião histórica" hoje celebrada em Bruxelas e o compromisso demonstrado por Lisboa, Madrid e Paris.

"Naturalmente que é um momento de grande simbolismo, não só por ser um encontro que se realiza pela primeira vez, mas que também revela a importância do quadro financeiro plurianual pós-2020 para as RUP, e também uma relação de compromisso entre os Estados-membros e as suas regiões ultraperiféricas numa defesa que se quer acérrima daquilo que será o futuro quadro financeiro plurianual para estas regiões", declarou.

Na declaração hoje apresentada, as RUP defendem uma política de coesão "ambiciosa e dotada dos recursos financeiros necessários ao cumprimento dos seus objetivos", assim como políticas Agrícola e de Pescas pós-2020 que sirvam os interesses destas regiões.

Fonte: Diário de Notícias/Lusa



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/07/2018
Portugal pretende retomar lugar no comércio bilateral [Portugal]
16/07/2018
Quer morar em Portugal? Visto de empreendedor é opção [Portugal]
16/07/2018
Sete motivos que levam ao crescimento do comércio eletrônico no Brasil [Brasil]
16/07/2018
Mulheres Empreendedoras vão mostrar sua força nos negócios durante a BMB [Brasil]
16/07/2018
Brasil lidera fluxo de investimento de mais longo prazo entre emergentes [Brasil]
16/07/2018
Empreendedorismo de impacto social cresce no Brasil [Brasil]