home > notícias

MUNDO

27/03/2018

Os vencedores dos Prémios Sophia 2018

Decorreu, ontem, a cerimónia dos Prémios Sophia 2018. O filme São Jorge, de Marco Martins, foi o grande vencedor da noite. Venceu em 7 das 14 categorias para as quais estava nomeado, entre elas de de Melhor Filme, Melhor Realização e Melhor Ator.

É “a primeira crise da minha geração e todos os dias havia direitos que pareciam que nos eram retirados. Aquele filme é sobre a crise e sobre a minha crise, a nossa crise”, afirmou Marco Martins num dos discursos de agradecimento.

“Espero que estes prémios ajudem a aproximar o público dos filmes portugueses”, disse Marco Martins.

Quando recebeu o Sophia de melhor ator, Nuno Lopes afirmou que na cultura portuguesa “os anos da crise ainda não passaram”.

“Continuamos a ser desrespeitados constantemente nos atrasos dos concursos e na forma pouco clara como são atribuídos”, disse, referindo-se os concursos de apoio ao cinema e audiovisual de 2018 que ainda não abriram.

A Academia Portuguesa de Cinema atribuiu ainda três prémios de carreira à caracterizadora Ana Lorena, ao realizador e ensaísta Lauro António e ao realizador Artur Correia, recentemente falecido.

A lista completa de vencedores é a seguinte:

Melhor Filme
São Jorge

Melhor Documentário em Longa-Metragem
Nos Interstícios da Realidade ou o Cinema de António de Macedo, João Monteiro

Melhor Atriz Principal
Rita Blanco, Fátima

Melhor Fotografia
Carlos Lopes, São Jorge

Melhor Ator Principal
Nuno Lopes, São Jorge

Melhor Argumento Original
São Jorge, Ricardo Adolfo e Marco Martins

Curta-Metragem de Animação
A Gruta De Darwin, Joana Toste

Melhor Som
Al Berto, Pedro Melo, Elsa Ferreira e Branko Neskov

Melhor Banda Sonora Original
Ornamento e Crime, Rita Redshoes & The Legendary Tigerman

Melhor Canção Original
Fim – composição e interpretação Lúcia Moniz

Melhor Actor Secundário
José Raposo, São Jorge

Melhor Realizador
Marco Martins, São Jorge

Melhor Atriz Secundária
Isabel Abreu, Uma Vida à Espera

Melhor Maquilhagem e Cabelos
Peregrinação, Rita Castro, Felipe Muiron

Melhor Série/Telefilme
Madre Paula

Melhor Guarda Roupa
Peregrinação, Sílvia Grabowski

Melhor Montagem
A Fábrica de Nada, Cláudia Oliveira, Edgar Feldman, Luísa Homem

Melhor Efeitos Especiais/Caracterização
Peregrinação, Nuno Esteves “Blue”

Melhor Argumento Adaptado
A Fábrica de Nada, Pedro Pinho, Luisa Homem, Leonor Noivo, Tiago Hespanha baseado na peça original “The Nothing Factory” de Judith Herzberg

Prémio Sophia Estudante
Snooze, Dinis Leal Machado

Melhor Curta-Metragem de Ficção
Coelho Mau, Carlos Conceição

Melhor Documentário em Curta-Metragem
O Homem Eterno, Luís Costa

Fonte: Comunidade Cultura e Arte



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/06/2018
Concerto de Miguel Araújo e Marcelo Jeneci na Sala São Paulo
19/06/2018
Reportagens sobre Portugal podem concorrer a prêmio da Comissão Europeia de Turismo
19/06/2018
Pablo Alborán, Kaiser Chiefs e Martin Garrix confirmados em Portugal
19/06/2018
Portugal pode passar a ser destino de filmagens internacionais
19/06/2018
“A Língua Portuguesa em Nós” patente ao público em Luanda
19/06/2018
Portugal lança roteiro sustentável com passeios feitos em carros elétricos