home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

02/04/2018

Espanha representa um terço das compras de Portugal

Produtos manufaturados e equipamento de transporte são aquilo que Portugal mais compra e vende.

As importações de Portugal a Espanha representaram 32 por cento do total nacional em 2017. Segundo os últimos dados do Eurostat, o país vizinho mantém-se como o principal parceiro comercial de Portugal, quer nas importações, quer nas exportações, que perfazem 25 por cento das vendas.

Na prática, um terço do que comprámos ao estrangeiro, em 2017, veio de Espanha, movimentando mais de 22,1 mil milhões de euros. Seguem-se, no segundo lugar, a Alemanha (9,5 mil milhões de euros, perfazendo 14 por cento), e França, no terceiro (5,1 mil milhões, para 7 por cento).

"Maquinaria e equipamento de transporte", assim como "produtos manufaturados" (em que se incluem produtos de cortiça ou borracha), são as categorias que Portugal mais comprou ao país vizinho, num total de 4,9 mil milhões e 4,3 mil milhões de euros, respetivamente, segundo dados enviados pelo Eurostat ao Correio da Manhã.

Espanha compra a Portugal um quarto do que o País exporta: 25 por cento das vendas nacionais, num total de 13,9 mil milhões de euros. No topo das exportações para Espanha estão também "produtos manufaturados" (totalizando 2,9 mil milhões de euros). Segue-se a "maquinaria e equipamento de transporte" (2,7 mil milhões de euros). França é o segundo país para onde Portugal mais vende (15 por cento do que exportamos segue para esse país). A Alemanha, no terceiro lugar, encerra o pódio e fica com 11 por cento das exportações portuguesas.

De acordo com o Eurostat, Portugal importa mais do que vende para a União Europeia. Em 2017, as compras totalizaram 52 mil milhões; e as vendas 40 mil milhões.

Só os serviços dão lucro a Portugal. A balança comercial de bens sempre foi deficitária para Portugal. Pelo contrário, os serviços sempre deram lucro ao País. No ano passado,  Portugal ‘exportou’ mais 15,6 mil milhões do que ‘importou’ em serviços, nota o INE.

Fonte: Correio da Manhã



NOTÍCIAS RELACIONADAS
13/11/2018
Governo vai reformular seguro para exportações [Brasil]
13/11/2018
Portugal registou uma das maiores descidas na taxa de desemprego em setembro [Portugal]
13/11/2018
Faturamento do setor de serviços em SP vai a R$ 29,3 bi e bate recorde [Brasil]
13/11/2018
Infraestruturas de Portugal já investiu até setembro mais que em todo ano de 2017 [Portugal]
13/11/2018
Produção na construção cresceu 4,2% em setembro [Portugal]
13/11/2018
Portugal está entre os melhores destinos para gozar a reforma [Portugal]