home > notícias

MUNDO

04/04/2018

Abril dedicado à música no Centro Cultural das Caldas da Rainha [Portugal]

Do fado de Camané às guitarras de Dead Combo, a música ocupa lugar de destaque na programação do Centro Cultural e de Congressos (CCC) das Caldas da Rainha em abril.

Os nove concertos agendados para o mês de abril arrancam no próximo sábado, com Camané a homenagear Alfredo Marceneiro, interpretando os êxitos do fadista dos anos 1950.

A preparar o segundo disco e uma digressão nacional, o XL Duo leva ao palco do CCC, no dia 13, a cumplicidade de Sérgio Carolino (tuba) e Telmo Marques (piano) num espetáculo com passagem por vários compositores de várias nacionalidades.

Do ciclo "Saídos da Caixa", que pretende dar a conhecer novos valores da música nacional, sai, no dia 20, o convite para ouvir Mathilda, o 'alter ego' musical da compositora, cantora e instrumentista portuguesa Mafalda Costa.

A obra de Ernesto Nazareth (1863-1934)tem encontro com o público do Café Concerto do CCC dois dias depois, num recital de piano por Tiago Mileu, que aos 25 anos regressa aos palcos após uma paragem de oito anos.

Três orquestras da Metropolitana -- Sinfónica, Académica e juvenil - terão a cargo a programação musical dos dias 24 e 24 de abril, marcada por três concertos e um ateliê instrumental para pais e filhos.

No dia 28, os Dead Combo fecham o mês com um espetáculo que funde ritmos tradicionais da lusofonia, como o fado, a morna a outros como jazz e o rock.

Pelo palco do CCC passa ainda este mês o espetáculo "Composição 7", uma mostra de trabalhos de alunos da Escola Vocacional de Dança das Caldas da Rainha, integrado na programação do Caldas em Dança, e que tem como objetivo celebrar o Dia Mundial da Dança (29).

No teatro, o palco recebe a Companhia de Teatro de Montemuro que no dia 14 apresenta "Monólogos de uma vida", a história de um homem que precisa de tomar uma decisão. A peça é baseada no texto de Peter Cann e tem encenação de Eduardo Correia.

No cinema, o CCC exibe, no dia 16, "Paula Rego, histórias & segredos", de Nick Willing, um filme que revela a vida de luta contra o fascismo, o mundo da arte misógino e a depressão da pintora.

Até ao final do mês, o CCC mostra ainda, no Café-Concerto e Mezanine, o Fórum Watercolour International, uma exposição internacional que teve início em Itália, em 2016, depois viajou para o Paquistão e está agora em Portugal.

Trata-se de uma mostra de trabalhos de 60 artistas, com sensibilidades e linguagens diversificadas e unidos pela técnica: a aguarela.

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/06/2018
Concerto de Miguel Araújo e Marcelo Jeneci na Sala São Paulo
19/06/2018
Reportagens sobre Portugal podem concorrer a prêmio da Comissão Europeia de Turismo
19/06/2018
Pablo Alborán, Kaiser Chiefs e Martin Garrix confirmados em Portugal
19/06/2018
Portugal pode passar a ser destino de filmagens internacionais
19/06/2018
“A Língua Portuguesa em Nós” patente ao público em Luanda
19/06/2018
Portugal lança roteiro sustentável com passeios feitos em carros elétricos