home > notícias

ASSOCIADOS

24/04/2018

Brasileira Embraer assina acordo com companhia de aviação bielorussa [Embraer]

A Embraer e a Belarusian Airlines (Belavia) assinaram um acordo de prestação de serviços e suporte à frota de aviões (E-Jets) da empresa bielorussa, anunciou hoje a companhia aeronáutica brasileira.

A solução de suporte a componentes da Embraer está a ser adaptada às necessidades específicas da Belavia, através de um acordo plurianual, oferecendo reposição sob medida e também cobertura de reparação para um número mais amplo de componentes, de acordo com um comunicado da Embraer.

Segundo a nota, “será disponibilizado ainda o acesso a uma extensa variedade de ferramentas especiais e equipamentos de apoio em solo para manutenções pesadas, permitindo à Belavia a movimentação ‘in-house’”.

O programa irá apoiar a frota já existente da Belavia, de dois jatos E175 e dois jatos E195 (da Embraer).

A companhia recebeu, na semana passada, uma nova aeronave E175 e ainda este ano receberá outras duas do modelo E195.

A Belavia é a maior companhia aérea da República Bielorrussa. Está baseada no Minsk International Airport e opera voos regulares para 49 aeroportos em 28 países da Europa e da Ásia. A Belavia foi criada em 5 de março de 1996.

A Embraer mantém duas fábricas em Portugal, no Parque de Indústria Aeronáutica de Évora, a 130 quilómetros a leste de Lisboa, sendo que a empresa também é acionista da OGMA (65%), em Alverca, nos arredores de Lisboa.

Fonte: Lusa



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/03/2019
IOF-câmbio: recursos mantidos no exterior (solução de consulta 246) [Chiarottino e Nicoletti Sociedade de Advogados]
20/03/2019
Dados digitais: o que é feito com nossas informações na internet quando morremos? [Opice Blum]
20/03/2019
São Paulo recebe exposição de artesanato português contemporâneo [Cunha Vaz]
20/03/2019
EDP nas Escolas vai beneficiar 1.900 alunos em São Paulo [EDP]
20/03/2019
André Jordan Group firma parceria com a Oaktree [Belas Clube]
20/03/2019
Da desconsideração da personalidade jurídica e a Reforma Trabalhista [Franco Advogados]