home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

28/05/2018

Caldeira Cabral: Economia portuguesa parece um avião, “firme e resiliente”

O Ministro da Economia comparou a economia portuguesa a um avião, por se ter conseguido "adaptar a mudanças radicais da globalização e a mudanças tecnológicas".

O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, comparou esta quarta-feira a economia nacional com um avião, por ser “firme e resiliente”, ao conseguir adaptar-se às mudanças tecnológicas e da globalização, mesmo sabendo que existem outras maiores.

“Este avião é como a economia portuguesa: não é o maior avião do mundo – há aviões maiores, já os vimos […] -, mas é um avião firme e resiliente”, disse o governante, que falava nas instalações da Indústria Aeronáutica de Portugal (OGMA), em Vila Franca de Xira, onde se assinalou o fabrico da unidade 1.500 da aeronave Pilatus PC-12.

Notando que este “é um avião que já vai na edição 1.500”, Caldeira Cabral vincou que a infraestrutura “demonstrou o seu valor no mercado [assim] como a economia portuguesa está a demonstrar o seu valor, porque tem boa engenharia, tem boa assembly [programação], um bom fabrico e porque é um avião em que se pode confiar”.

“Demonstrou o seu valor no mercado porque é um avião competitivo, que junta características únicas de versatilidade e isso é algo que a nossa economia tem, é versátil e flexível, e tem-se adaptado a mudanças radicais da globalização e a mudanças tecnológicas e tem mostrado conseguir sair dessas mudanças por cima”, observou o responsável.

Além disso, “é um avião que consegue estar ao lado dos seus concorrentes – e há vários nesta gama – por ser a resposta mais correta, a melhor resposta em termos de custo-qualidade e em termos de confiança e segurança”, acrescentou, continuando a comparação. “É a melhor resposta para alguns clientes. Haverá sempre alguns clientes que encontram melhor resposta em outros aviões da concorrência e a concorrência é a mesmo assim”, adiantou.

Num ano em que a OGMA celebra o seu 100.º aniversário, a aeronave Pilatus PC-12 também atingiu o marco histórico das 1.500 unidades, sendo fabricada e montada nas instalações de Alverca do Ribatejo desde os anos 1990. Destacando os “100 anos de inovação” da OGMA, Caldeira Cabral notou o investimento que “sucessivo governos, mas também as empresas” têm feito na área da engenharia, o que levou ao “sucesso que esta empresa é, à capacidade de resposta que tem e à confiança que gera”.

Já aludindo às exportações nacionais, o governante referiu que, apesar de “a maior exportação portuguesa serem as máquinas, o automóvel, as de aeronáutica têm estado a crescer de forma acentuada”. E “se Portugal exporta aviões, é porque tem capacidade aqui de produzir os melhores do mundo”, vincou, considerando que “1.500 aviões são muitos aviões e 1.500 aviões produzidos em Portugal são e têm de ser notícia”.

Na sessão desta quarta-feira, de entrega desta unidade à empresa Pilatus, originária da Suíça, estiveram também presente o presidente executivo da OGMA, Marco Tulio Pellegrini, e responsáveis daquele grupo internacional fabricante de aviões. Para Marco Tulio Pellegrini, a unidade 1.500 é “uma celebração importante” da empresa nacional, demonstrando a “relação duradoura” com a companhia suíça Pilatus, projeto no qual estão envolvidos cerca de 250 colaboradores para o fabrico das aeronaves.

O presidente da OGMA realçou também que a marca Pilatus “é conhecida no mercado da aviação”, sendo usada por companhias aéreas como a brasileira Azul (do acionista da TAP David Neeleman).

Fonte: Economia Online



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/07/2018
Portugal pretende retomar lugar no comércio bilateral [Portugal]
16/07/2018
Quer morar em Portugal? Visto de empreendedor é opção [Portugal]
16/07/2018
Sete motivos que levam ao crescimento do comércio eletrônico no Brasil [Brasil]
16/07/2018
Mulheres Empreendedoras vão mostrar sua força nos negócios durante a BMB [Brasil]
16/07/2018
Brasil lidera fluxo de investimento de mais longo prazo entre emergentes [Brasil]
16/07/2018
Empreendedorismo de impacto social cresce no Brasil [Brasil]