home > notícias

ASSOCIADOS

05/06/2018

Com nova figura do Comercializador Varejista, empresas podem economizar até 30% na conta de energia [EDP]

A nova figura do Comercializador Varejista permite que corporações de pequeno e médio porte acessem com mais facilidade as vantagens do mercado livre de energia elétrica e reduzam seus custos com o insumo. De acordo com estimativas da EDP, empresa que atua em todos os segmentos da cadeia elétrica no País, a economia na conta de energia pode chegar a 30%, dependendo da região, do tipo de indústria e do momento de compra da energia.

A EDP foi uma das pioneiras do setor elétrico a obter a habilitação para atuar como comercializadora varejista. Por meio dessa modalidade de venda de energia, a Companhia assume os riscos e se torna responsável pela gestão do processo de contratação de energia e operação de seus representados no mercado livre, desde a migração para o Ambiente de Contratação Livre (ACL), até a gestão de todos os procedimentos relacionados a sua operacionalização perante a CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica). Além do acompanhamento do cenário energético, a Empresa gerencia a demanda e consumo de energia e conduz todo o processo no mercado livre.

Dentre as vantagens oferecidas pelo modelo criado pela Agência Nacional de Energia Elétrica, estão a minimização das burocracias e gastos necessários para o acesso ao ACL e CCEE, redução de custos, possibilidade de escolha do fornecedor, melhor flexibilidade na variação de consumo, livre negociação de preços e condições, não aplicação de custo adicional com bandeiras tarifárias, além da previsibilidade de orçamento.

“Por atuar há 17 anos no mercado de comercialização de energia, a EDP está preparada para analisar de forma consistente as oportunidades, minimizando assim os riscos. Com a criação do Comercializador Varejista, vimos a oportunidade de auxiliar o empresário a reduzir seus gastos e ampliar sua produtividade com mais segurança e sem grandes obstáculos, podendo focar no crescimento do seu negócio”, explica Pedro Kurbhi, Diretor de Comercialização e Gestão de Clientes.

A inclusão no formato independe do ramo de atuação e é direcionada a empresas com demanda contratada maior ou igual a 500kW, e com fatura de energia mensal de R$ 50 mil a R$ 70 mil por unidade consumidora.

Para que seja feita a avaliação criteriosa do consumo e das vantagens, a EDP recomenda que os interessados entrem em contato com a área de Comercialização por meio do email mercadolivre@edpbr.com.br. A parceira fará a análise do histórico de doze meses do consumo para então avaliar a viabilidade do projeto.

Após a migração, os benefícios são imediatos e perceptíveis após o primeiro mês de adesão, não havendo impacto no fornecimento de energia pela distribuidora local, que continua realizando o atendimento físico sem distinção dos clientes que optam pela nova modalidade de compra de energia.   

 

Sobre a EDP

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das cinco maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que emprega mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, conta com 15 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica, e atende cerca de 3,3 milhões de clientes em suas distribuidoras em São Paulo e no Espírito Santo, além de atuar em Transmissão, Comercialização e Soluções em Energia. No Brasil, é referência em áreas como Governança e Sustentabilidade, estando há 12 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3. Recentemente, destacou-se como pioneira no uso da robotização de processos e adquiriu participação na Celesc, em Santa Catarina. Possui valor de mercado de cerca R$ 9 bilhões, três vezes mais do que em 2005, quando abriu seu capital em bolsa.

www.energiasdobrasil.com.br

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/07/2018
Conforto, luxo e localização [JLL Portugal]
16/07/2018
Como se planejar para compra de moeda [Business Portugal]
16/07/2018
Delta Cafés com gestão florestal responsável [Delta Cafés]
16/07/2018
TAP lança TAP Flight Pass com descontos para clientes frequentes [TAP]
16/07/2018
Como estender o visto de turista em Portugal? [Nacionalidade Portuguesa]
16/07/2018
Vamos para o ajuste? [Reliance]