home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

03/07/2018

Produção de petróleo no País sobe 0,4% ante abril, informa ANP [Brasil]

A produção nacional de petróleo e gás totalizou cerca de 3,311 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d) em maio. Foram produzidos 2,607 milhões de barris de petróleo por dia (bbl/d), um aumento de 0,4% na comparação com abril. Em relação a maio de 2017, porém, houve redução de 1,7%. Os dados foram divulgados hoje pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A produção de gás natural totalizou 112 milhões de m? por dia em maio, uma elevação de 2,9% em comparação ao mês anterior. Em relação a maio do ano passado, houve alta de 6,8%.

A produção do pré-sal em maio ficou em 1,840 milhão de boe/d, um aumento de 3,1% em relação a abril. Foram produzidos 1,463 milhão de barris de petróleo por dia e 60 milhões de metros cúbicos diários de gás natural em 84 poços. A produção no pré-sal correspondeu a 55,6% do total produzido em todo o Brasil.

A produção ocorreu em 7.505 poços, sendo 722 marítimos e 6.783 terrestres. Os campos marítimos responderam por 95,7% do petróleo e 83,1% do gás natural. Estreito, na Bacia Potiguar, teve o maior número de poços produtores: 1.094. Marlim Sul, na Bacia de Campos, foi o campo marítimo com maior número de poços produtores: 88.

O campo de Lula, na Bacia de Santos, foi o maior produtor de petróleo e gás natural, com uma média de 872 mil bbl/d de petróleo e 37,4 milhões de m3/d de gás natural. A FPSO Cidade de Maricá, no campo de Lula, foi a instalação com maior produção de petróleo: 149,2 mil bbl/d em sete poços interligados. Os campos operados pela Petrobras produziram 94,1% do petróleo e do gás natural em todo o País.

O aproveitamento de gás natural no mês de maio alcançou 96,3% do volume total produzido. Foram disponibilizados ao mercado 58,5 milhões de metros cúbicos por dia. A queima de gás totalizou 4,1 milhões de metros cúbicos por dia, uma expansão de 20,5% se comparada ao mês anterior e avanço de 11,3% em relação ao mesmo mês em 2017. Segundo a ANP, o aumento é explicado pelas atividades de comissionamento da plataforma P-74, em operação no campo de Búzios.

A instalação Polo Arara, produzindo nos campos de Arara Azul, Araracanga, Carapanaúba, Cupiúba, Rio Urucu e Sudoeste Urucu, por meio de 36 poços a ela interligados, produziu 8,3 milhões de m3/d no mês de maio, a com maior produção de gás natural.

Em maio, foram responsáveis pela produção nacional 304 áreas concedidas, uma área de cessão onerosa e uma de partilha, operadas por 31 empresas. Destas, 77 são marítimas e 229 terrestres. Do total das áreas produtoras, duas encontram-se em atividade exploratória e produzindo por meio de Teste de Longa Duração (TLD) e outras nove são relativas a contratos de áreas contendo acumulações marginais.

Fonte: Jornal do Brasil



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/07/2018
Portugal pretende retomar lugar no comércio bilateral [Portugal]
16/07/2018
Quer morar em Portugal? Visto de empreendedor é opção [Portugal]
16/07/2018
Sete motivos que levam ao crescimento do comércio eletrônico no Brasil [Brasil]
16/07/2018
Mulheres Empreendedoras vão mostrar sua força nos negócios durante a BMB [Brasil]
16/07/2018
Brasil lidera fluxo de investimento de mais longo prazo entre emergentes [Brasil]
16/07/2018
Empreendedorismo de impacto social cresce no Brasil [Brasil]