home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

04/07/2018

Venda de veículos cresce 14,4% no 1º semestre, aponta Fenabrave [Brasil]

Emplacamentos somaram 1,116 milhão no semestre e 201,9 mil veículos em junho, praticamente o mesmo número de maio, quando o setor foi atingido pela greve dos caminhoneiros.

O primeiro semestre de 2018 terminou com a venda de 1,116 milhão de veículos novos, expansão de 14,4% em comparação com a primeira metade do ano passado, informou a Fenabrave nesta terça-feira, 3.

Em relação a junho do ano passado, as vendas cresceram 3,6%, os emplacamentos somaram 201,9 mil veículos, praticamente o mesmo número de maio, quando o setor foi atingido pela greve dos caminhoneiros - que interrompeu o fornecimento de peças para a produção deveículos e a distribuição das unidades já prontas para as concessionárias.

A estabilidade de emplacamentos entre maio e junho mostra que as concessionárias ainda não conseguiram retomar o ritmo de vendas anterior à greve dos caminhoneiros. Em abril, último mês completo antes da paralisação, as vendas somaram 217,3 mil unidades.

O setor, no entanto, já esperava que o mês de junho não mostrasse uma forte aceleração em relação a maio, por causa da Copa do Mundo, evento que tradicionalmente tira a atenção do público. Além disso, é possível que consumidores que deixaram de comprar veículos durante a greve tenham adiado a compra por uma diminuição da confiança.

Por segmento. Os automóveis e comerciais leves, que representam mais de 90% do setor, registraram 195 mil emplacamento no sexto mês de 2018. O resultado, que também ficou estável em relação a maio, corresponde a uma alta de 3,2% em comparação a junho de 2017. O ano acumula 1,127 milhão de unidades, avanço de 13,7%.

Entre os pesados, as vendas de caminhões atingiram 5,7 mil unidades em junho, crescimento de 37,1% ante igual mês do ano passado e de 0,2% na comparação com maio. O primeiro semestre registrou a venda de 32,3 mil unidades, expansão de 50,7%.

Os ônibus, por sua vez, tiveram 1,1 mil emplacamentos, queda de 23,8% em relação a junho do ano passado. Na comparação com maio, o recuo é de 4,2%. O primeiro semestre teve 7,1 mil unidades vendidas, avanço de 9,9% ante o primeiro semestre do ano passado.

Projeção.  A Fenabrave revisou para baixo sua previsão de crescimento das vendas de veículos novos neste ano para 10%. Antes, previa alta de 12,8%.

Se a nova expectativa se confirmar, o setor vai vender 2,462 milhões de automóveis, comerciais leves, caminhões e ônibus, segundo dados oficiais divulgados ontem pela entidade. No ano passado as vendas somaram 2,239 milhões de unidades.

Segundo o presidente da Fenabrave, Alarico Assumpção Jr., a conta foi refeita em razão da falta de clareza no cenário eleitoral e dos efeitos da greve dos caminhoneiros na atividade econômica e na confiança do empresário e do consumidor.

A revisão para baixo foi influenciada pelos automóveis e comerciais leves, cuja aposta de expansão caiu de 13% para 9,7%. Já a estimativa para caminhões e ônibus subiu de 9% para 18,3%.

Fonte: Estadão



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/07/2018
Portugal pretende retomar lugar no comércio bilateral [Portugal]
16/07/2018
Quer morar em Portugal? Visto de empreendedor é opção [Portugal]
16/07/2018
Sete motivos que levam ao crescimento do comércio eletrônico no Brasil [Brasil]
16/07/2018
Mulheres Empreendedoras vão mostrar sua força nos negócios durante a BMB [Brasil]
16/07/2018
Brasil lidera fluxo de investimento de mais longo prazo entre emergentes [Brasil]
16/07/2018
Empreendedorismo de impacto social cresce no Brasil [Brasil]