home > notícias

ASSOCIADOS

25/07/2018

Conheça Janaina e Erick, Campeões do Amor e da Vida [Grupo Alsa Fort]

Assim como tantos outros, Janaina e Erick, “entram em campo” todos os dias e enfrentam todas as dificuldades, e semelhante aos nossos campeões do esporte, eles lutam muito, vencem suas batalhas e com isso se tornam Campeões do Amor e da Vida.

Nós do Grupo Alsa Fort em uma parceria com a ONG Make Them Smile, levamos Janaina, Erick e outros campeões para serem homenageados e conhecer o Museu do Futebol. Convidamos você agora para conhecer um pouco dessa história de superação e de conquistas.

Janaína leva seu filho todos os dias de sua residência na zona leste até a zona oeste, em um percurso que leva cerca de uma hora e meia. O destino desse percurso é a Associação Nosso Sonho de reabilitação e integração de pessoas com deficiência que é uma entidade filantrópica que promove a inclusão social de crianças e jovens com paralisia cerebral.

Janaína tem 29 anos e seu filho Erick, de 8 anos, carrega um sorriso lindo a todo tempo em seu rosto. A mesma encontra tempo para tudo, não se limitando a nada para a felicidade de seu filho.

“- Eu estudo, faço trufas e doces para vender, sou cuidadora de um idoso, trabalho como segurança freelance e também realizo um trabalho comercial na ONG que o Erick frequenta. ”

Janaína, conta que no início de sua chegada em 2014, fazia um outro percurso para chegar até a Instituição Nosso Sonho, pois não contava com o serviço Atende da prefeitura de SP:

“-Morando na Zona leste da cidade eu e meu filho nos locomovíamos com dois ônibus e mais o metrô para chegarmos no nosso destino.”

Janaína conta que seu filho é subestimado por algumas pessoas da Sociedade, uma realidade que infelizmente é constante. Mas nada que apaga o brilho e a luta dessas mães guerreiras e de seus filhos campeões.

“-Não é porque meu filho está na cadeira de rodas e tem uma pequena limitação que ele tem que ser excluído da sociedade. Vejo ele como todas as outras crianças. Levo uma vida normal com o Erick, vamos ao Shopping, parques e até na Faculdade a noite quando o pai dele não pode ficar com ele. Todos gostam muito dele lá.

A ONG Nosso Sonho tem nos ajudado muito. Meu filho é muito bem assistido com seus professores e cuidadores, vejo um belo futuro para ele. Independentemente dessa limitação, somos todos iguais”.

Ela finalizou com um recado para as outras mães e pais de filhos com algum tipo de limitação:

“-Saiam com seus filhos e mostre para Sociedade o filho vencedor que você tem dentro da sua casa.”

Grupo Alsa Fort
25 anos zelando por pessoas e patrimônios.

Link da matéria no site da Alsa Fort.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/10/2018
Caesp na Missão 2018-Portugal para o fomento da arbitragem na administração pública [Caesp]
16/10/2018
Turbocompressores originais Renault Trucks com 25% de desconto e oferta de mão-de-obra [Nors]
16/10/2018
Mecanismos de barganha no processo penal [Franco Advogados]
16/10/2018
Especial - Dois lados [Ourinvest]
16/10/2018
A II Jornada de Direito Processual Civil promovida pelo Conselho da Justiça Federal [Yarshell]
16/10/2018
EDP Open Innovation seleciona startup brasileira para final de concurso [EDP]