home > notícias

MUNDO

01/08/2018

Universidade portuguesa tem quotas para emigrantes e descendentes

A quota de sete por cento para os emigrantes e descendentes entrarem na universidade portuguesa nunca foi preenchida.

O concurso de acesso ao ensino superior tem um contingente de 3500 vagas para emigrantes.  Nesse sentido, em declarações à Antena 1, o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, lançou o apelo para que as vagas sejam preenchidas.

O número de emigrantes que concorrem ao ensino superior português está a aumentar. Passou de cerca de uma centena em 2014 para mais de 250, no ano passado. Valores ainda abaixo das 3500 vagas para o contingente da emigração.

Para fazer a candidatura os emigrantes devem residir num determinado país durante pelo menos dois anos e a apresentação de uma prova em como terminaram o ensino secundário, ou equivalente.

Para além da realização de provas similares às provas específicas usadas no concurso nacional de acesso ao ensino superior. 

As candidaturas de acesso ao ensino superior estão abertas até 7 de agosto.

Fonte: Revista de Portugal e das Comunidades



NOTÍCIAS RELACIONADAS
04/12/2018
App portuguesa permite comunicação a quem tem limitações na voz
04/12/2018
Portugal disposto a ajudar a preservar monumentos ligados à história portuguesa no Quênia
04/12/2018
Feira do Livro de Guadalajara termina com mais de 800 mil visitantes
04/12/2018
Portugal conquista 16 "óscares" do turismo, incluindo o de melhor destino do mundo
04/12/2018
Exposição no Rio de Janeiro celebra os 200 anos da aclamação do rei D. João VI
04/12/2018
Especialistas portugueses formam estudantes moçambicanos na área de medicina