home > notícias

MUNDO

01/08/2018

Universidade portuguesa tem quotas para emigrantes e descendentes

A quota de sete por cento para os emigrantes e descendentes entrarem na universidade portuguesa nunca foi preenchida.

O concurso de acesso ao ensino superior tem um contingente de 3500 vagas para emigrantes.  Nesse sentido, em declarações à Antena 1, o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro, lançou o apelo para que as vagas sejam preenchidas.

O número de emigrantes que concorrem ao ensino superior português está a aumentar. Passou de cerca de uma centena em 2014 para mais de 250, no ano passado. Valores ainda abaixo das 3500 vagas para o contingente da emigração.

Para fazer a candidatura os emigrantes devem residir num determinado país durante pelo menos dois anos e a apresentação de uma prova em como terminaram o ensino secundário, ou equivalente.

Para além da realização de provas similares às provas específicas usadas no concurso nacional de acesso ao ensino superior. 

As candidaturas de acesso ao ensino superior estão abertas até 7 de agosto.

Fonte: Revista de Portugal e das Comunidades



NOTÍCIAS RELACIONADAS
15/10/2018
São portuguesas e foram "extraordinárias" no seu tempo. Sabe quem são?
15/10/2018
Uma das Sete Maravilhas do Mundo, Cristo Redentor completa 87 anos
15/10/2018
CAV de Coimbra explora tema do trabalho em nova exposição
15/10/2018
Associação Aldeias Históricas de Portugal promove cimeira internacional de turismo inédita
15/10/2018
'Foi Deus' é a canção portuguesa mais votada para o primeiro Cancioneiro da UE
15/10/2018
Uma 'antologia mínima' para descobrir ou redescobrir Fernando Pessoa