home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

10/08/2018

Mulheres do Norte aceleram subida do nível de emprego nacional [Portugal]

Região do país concentra 92% do trabalho feminino. No último ano o aumento da população ativa feminina em Portugal, chegou aos 27 mil, com o Norte a contribuir com 25 mil empregos.

A Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte, através da publicação “Norte Estrutura”, revelou que mais de 92% do número de mulheres ativas no panorama nacional se encontra na região Norte, conta o “Jornal de Notícias”, esta sexta-feira, 10 de agosto.

Os dados são relativos ao último ano e mostram que o crescimento do emprego nesta zona do país é superior à média nacional. O aumento da oferta de trabalho deveu-se somente à população feminina, que aumentou 2,8%, o equivalente a mais de 25 mil mulheres ativas, sendo o valor nacional do aumento de 27 mil.

Em sentido oposto, o setor masculino ativo diminuiu 0,5% a nível nacional, mas foi o Norte a única zona a sofrer com esta quebra. Em 2017, mais de 60 mil pessoas conseguiram arranjar emprego nesta região, subindo para 1,654 milhões o valor médio anual da população empregada na região.

O Norte de Portugal criou 110 mil empregos líquidos entre 2013 e 2017, menos de metade dos 236 mil que se perderam entre 2008 e 2013. Ao nível de salários, o rendimento médio nesta região é inferior em 7% ao nacional. No ano passado os trabalhadores recebiam 796 euros mensais, menos 60 que a média nacional.

Fonte: Jornal Económico



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/12/2018
Portugal terá 45% da energia consumida com origem em renováveis até 2030 [Portugal]
18/12/2018
Turismo será fundamental para evolução da atividade e do emprego [Portugal]
18/12/2018
Terminal de cruzeiros de Leixões bate novo recorde de turistas [Portugal]
18/12/2018
Balança tem superávit de US$ 918,351 milhões na segunda semana de dezembro [Brasil]
18/12/2018
Douro ajudou a abrir o mapa turístico de Portugal e duplicou dormidas [Portugal]
18/12/2018
China é principal destino das exportações brasileiras em novembro [Brasil e China]