home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

13/08/2018

Macau importou de Portugal mais 29% em produtos no 1º semestre [Portugal]

O setor alimentar, que continua a representar metade do total de mercadorias que Macau compra a Portugal, registou um aumento de 15% no período em análise, com destaque para o vinho (mais 24%), carnes de animais da espécie suína, frescas, refrigeradas ou congeladas (mais 43%), o azeite (mais 16%) e as águas (mais 13%).

Macau importou de Portugal no primeiro semestre de 2018 produtos avaliados em 14,4 milhões de euros, mais 29% comparativamente a igual período de 2017, informou hoje a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP).

A informação da delegação de Macau da AICEP baseia-se no último balanço realizado pela Direção dos Serviços de Estatística e Censos de Macau, a 31 de julho.

O setor alimentar, que continua a representar metade do total de mercadorias que Macau compra a Portugal, registou um aumento de 15% no período em análise, com destaque para o vinho (mais 24%), carnes de animais da espécie suína, frescas, refrigeradas ou congeladas (mais 43%), o azeite (mais 16%) e as águas (mais 13%).

No setor das bebidas com origem em Portugal observou-se “um incremento de 21% no primeiro semestre de 2018, diretamente relacionado com o aumento da compra de vinho a Portugal”, refere o comunicado da delegação de Macau da AICEP.

O setor do azeite tem evidenciado um crescimento elevado, com Portugal a assumir-se como principal fornecedor deste produto à Região Administrativa Especial de Macau. No primeiro semestre de 2018, a compra de azeite a Portugal cresceu 16% relativamente ao ano anterior, segundo a mesma nota.

Destaca-se igualmente a importação de vestuário com origem em Portugal, a qual cresceu 494%.

As máquinas e equipamentos constituem o terceiro grupo de produtos mais importado por Macau a Portugal (14% do total), registando um aumento de 4% (especialmente os transformadores elétricos), seguido pelos produtos farmacêuticos (8% do total), que registaram “um desempenho excecional” com uma taxa de crescimento de 186% no primeiro semestre de 2018, pode ler-se no comunicado.

Fonte: Jornal Económico



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/01/2019
Comércio varejista cresce 2,9% de outubro para novembro, diz IBGE [Brasil]
16/01/2019
Cafeicultores brasileiros querem acordo com União Europeia [Brasil]
16/01/2019
Fosun diz que Portugal < acolhe bem > o investimento chinês [Portugal e China]
16/01/2019
Economia brasileira continua recuperação e PIB aumenta para 2,4% [Brasil]
16/01/2019
Chineses investiram 10 mil milhões de euros em Portugal em 2018 [Portugal e China]
16/01/2019
Fundo privado português de 46 milhões vai investir em 'startups' [Portugal]