home > notícias

ASSOCIADOS

28/08/2018

12 Perguntas e Respostas – Empresa em Portugal – 2º Parte [Business Portugal]

No artigo desta semana, continuamos aqui com as 12 perguntas e repostas que recebemos com maior frequência. Encerramos assim esta sessão que ficou dividida em 2 partes com as 12 perguntas e respostas que recebemos com mais frequência.

07) Qual valor ideal para um plano de negócios? – 12 perguntas e respostas

R.: O investimento necessário de seu negócio será determinado pelo seu Plano de Negócios para empreender em Portugal.

Não se trata de quanto é necessário investir, mas de quanto o seu plano de negócios exige em investimentos.

A relação de valores está sempre diretamente ligada ao tamanho do negócio, as áreas que estão envolvidas, a zona inserida e o público alvo.

Não há valores específicos para negócio A ou B. Por mais que existam modelos e até com relação a marcas de franchising, sempre existirão alguns fatores específicos de cada situação no qual as adequações devem ser feitas.

Pontos que se devem ter de atenção são por exemplo:

  • Custos Fixos.

  • Um pequeno negócio certamente terá uma pequena estrutura e no contexto de Portugal, para um pequeno negócio recomendamos que os custos fixos não ultrapassem os 1000€
  • Zona Inserida – Ponto da Loja / Negócio

  • O local onde estará seu negócio (Se este for um espaço físico) impactará diretamente no item acima, de forma que a dificuldade que hoje se tem em encontrar um bom ponto disponível faz com que algumas limitações sejam impostas e alterativas sejam tomadas
  • Este fator, cada vez mais competitivo, tem feito com o que os negócios online tenham se tornado cada vez mais interessantes.
  • Público Alvo e os sinais de que eles existem e podem consumir seu produto ou serviço.

  • ​Este item está diretamente relacionado com a Zona inserida. EM um negócio de portas abertas, o seu público estará certamente em determinada zona e com isso, é lá que será ideal que você também esteja

As próximas 4 perguntas são em verdade, as áreas de atividade mais comuns que nos perguntaram recentemente e neste especial de perguntas e respostas, colocamos aqui algumas delas:

08) Empresas na área de turismo são viáveis?

R.: Portugal foi eleito o melhor destino turístico europeu pelo segundo ano consecutivo pelos World Travel Awards. Esta distinção foi atribuída pela primeira vez ao nosso país em 2017 e é renovada em 2018.

Isto por si só já indica que o segmento na área de turismo é viável, porém, 50% do negócio depende do perfil do empreendedor, de quem o vai executar e os outros 50% é uma questão de prazos, orçamento disponível, expectativas e objetivos a serem geridos.

Também é bastante generalista dizer “área de turismo” uma vez que hoje há dezenas de tipos de negócios que estão ligados direta ou até indiretamente ao movimento turístico.

Os pontos importantes já mencionados anteriormente devem ser observados também aqui e o perfil do empreendedor, experiência acadêmica e profissional e as disponibilidades de tempo e orçamento é que ajudarão a definir este perfil.

Estar no sítio correto para o momento correto é um dos fatores de sucesso também com o turismo e dado o crescimento e concorrência também neste segmento, há de se efetuar uma boa análise e tentar encontrar ainda nichos pouco explorados.

09) Como funciona a assessoria para restaurante?

R.: A área da restauração é sempre mais complexa do que se imagina para quem nunca teve algum negócio deste tipo.

São corretas as afirmações de que toda gente tem de comer, de que o turismo aquece e muito o setor, de que a “gourmetização” é crescente e abrem assim muitas oportunidades e etc.

Mas atenção, assim como se está a pensar nisso neste momento, há uma centena de outras pessoas a fazerem o mesmo e novamente, identificar o vosso nicho, alguma tendência nos hábitos alimentares como por exemplo, comida saudável, e assim direcionar vosso negócio, pode ser a chave par ao sucesso.

A Área da restauração também está fortemente ligada as campanhas e recursos de Marketing e Divulgação para seu negócio e estas são estratégias a serem muito bem pensadas caso seja um novo negócio!

10) Empresa na área de controle de pragas, qual o investimento e tem mercado?

R.: Outra atividade crescente em efeito colateral também do turismo, além de sempre ser algo relativamente procurado em diversas ocasiões, pode ser um negócio de investimento a baixo custo também.

1. Orçamento

a. É provável que um orçamento inferior a 15mil€ seja apertado, para investir no equipamento, em um veículo de trabalho de boa qualidade e na tua publicidade e atividade.

Além de alguns meses (3 a 6 meses) de reserva de fundo de maneio (Capital de Giro) enquanto estabelece o negócio.

2. Empresas Existentes

a. Este é um trabalho a ser feito, de levantamento e comparativos dos que existem para lhe dar direcionamentos específicos.

Existem diversas empresas (Trulynolen, Biomundis, Iberlim, etc. etc.) que já atuam neste ramo que se tornou bastante concorrido, pois Lisboa realmente possui grande necessidade deste tipo de controle de pragas (nomeadamente Percevejos) pois isso é bastante comum com o Turismo.

11) Informações sobre a montagem de loja e confecção de roupas em Portugal.

R.: Já tivemos 3 projetos na área, seja na produção, venda online e no último, um mix de online, loja e parceiros.

O ponto chave para este tipo de negócio, além de manter baixo o custo para produzir, ou adquirir de fornecedores, é segmentar seu público alvo e com o nicho bem definido, buscar dominar este!

Caso haja a opção de produção própria ou de que esta seja mantida caso já exista em seu país de origem, o ideal é que de início trabalhe com a importação do produto e mantenha o foco aqui em Portugal primeiramente no desenvolvimento de sua marca.

Este é um negócio que de certa forma é sempre afetado pelo turismo e outros fatores econômicos, relacionados ao consumo e a constante procura de variedade e novidades.

12) Como vocês trabalham com análise de mercado e implantação de business para diferentes setores?

R.: Nós da Business Portugal executamos estudos de mercado para os mais diversos tipos de negócios, desde a necessidade do cliente através do levantamento do perfil do mesmo para com o negócio ou investimento desejado e configuração dos planos a serem contratados.

Cada tipo de negócio, cada perfil do promotor, cada histórico e experiência acadêmica e profissional fazem com que cada projeto também seja único e é com isso que trabalhamos.

Possuímos a metodologia e planejamento, que podem ser consultadas em nossos serviços e nos mais de 50 artigos escritos.

O Planejamento é o mais importante

Encerramos assim esta sessão que ficou dividida em 2 partes com as 12 perguntas e respostas que recebemos com mais frequência.

Se não viu ainda a primeira parte, podes verificar diretamente AQUI.

Agradecemos sempre todos os contatos e as perguntas que nos fazem.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
19/09/2018
Sócio advogado participa de evento em Fortaleza [Brasil Salomão e Matthes Advocacia]
19/09/2018
António Fernandes da Silva assume cargo de consultor da administração da SABSEG [Sabseg]
19/09/2018
EDP abre inscrições para programa de Estágio [EDP]
19/09/2018
Demarest lança podcast para debater os principais temas jurídicos do país [Demarest Advogados]
19/09/2018
TAP aumenta número de voos diários na ponte aérea Lisboa-Porto [TAP]
19/09/2018
Claritas na expert XP 2018: o maior evento de investimento na América Latina [Claritas]