home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

28/08/2018

Portugal apoia Moçambique em construção de infraestruturas de feira [Portugal]

Portugal vai apoiar Moçambique na construção de infraestruturas de base no espaço da Feira Agropecuária, Comercial e Industrial de Moçambique (FACIM), anunciou hoje o diretor-geral da Agência para a Promoção de Investimento e Exportações (Apiex).

A ideia é modificarmos este espaço para deixarmos de ter infraestruturas nómadas, com tendas arrendadas, e entrarmos numa fase de infraestruturas fixas e ordenadas", disse à Lusa Lourenço Sambo.

Aquele responsável falava durante o dia de Portugal na FACIM, num evento em que foi assinado o protocolo que prevê que Portugal apoie Moçambique na construção de uma infraestrutura fixa em Maracuene, província de Maputo.

A área, que acolhe anualmente a feira, tem um total de 70 hectares e está situada a quase 30 quilómetros do centro de Maputo.

"Queremos trazer um espaço bem idealizado e devidamente organizado para começarmos a projetar o desenvolvimento, tomando a experiência de organização de parques portugueses", observou Lourenço Sambo.

Também o presidente da Associação Industrial Portuguesa (AIP), Jorge Rocha de Matos, entende que a ideia é positiva, considerando que, além da FACIM, a ideia é também criar infraestruturas de base em outros polos comerciais do país.

"O que pretendemos fazer aqui é um polo de desenvolvimento que possa criar para Moçambique mais riqueza e ter uma oferta de infraestruturas que seja mais adequada para os empresários", observou Jorge Rocha de Matos.

O projeto ainda não tem datas nem orçamentos, mas as partes querem que até a próxima edição da FACIM "as mudanças comecem a ser notadas".

Além do protocolo para edificação de infraestruturas de base na FACIM, as partes assinaram outro documento, cujo objetivo é garantir que a Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) partilhe, no geral, a sua experiência com a Apiex para o desenvolvimento e organização de parques comerciais ao longo do país.

A 54.ª edição da FACIM arrancou na segunda-feira e decorre até domingo, com o lema "Moçambique e o mundo: alargando o mercado, potenciando investimentos, promovendo parcerias".

O evento é organizado pela APIEX, que espera acolher este ano cerca de dois mil expositores e mais de 160 mil visitantes de 20 países.

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/12/2018
Portugal terá 45% da energia consumida com origem em renováveis até 2030 [Portugal]
18/12/2018
Turismo será fundamental para evolução da atividade e do emprego [Portugal]
18/12/2018
Terminal de cruzeiros de Leixões bate novo recorde de turistas [Portugal]
18/12/2018
Balança tem superávit de US$ 918,351 milhões na segunda semana de dezembro [Brasil]
18/12/2018
Douro ajudou a abrir o mapa turístico de Portugal e duplicou dormidas [Portugal]
18/12/2018
China é principal destino das exportações brasileiras em novembro [Brasil e China]