home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

11/09/2018

Portugal em 10.º entre 201 países no ranking democrático [Portugal]

Portugal é o 10.º pais mais democrático do mundo entre 201 países avaliados no Relatório da Democracia de 2018 de um projeto internacional com sede na Universidade de Gotemburgo. O relatório salienta, no entanto, retrocessos democráticos em países com este sistema político bem estabelecido.

Portugal mostrou progressos em indicadores democráticos e de direitos e liberdades, ficando apenas atrás da Noruega, Suécia, Estónia, Suíça, Dinamarca, Costa Rica, Finlândia, Austrália e Nova Zelândia, que lideram o ranking por esta ordem, revela o jornal Público que analisou o relatório anual do projeto Variedades da Democracia (V-Dem).

São avaliados indicadores como a relação entre as políticas públicas e o bem comum, as consultas aos parceiros sociais, a conflitualidade entre poder político e poder judicial, os apoios sociais, as mulheres nos executivos, a perceção da corrupção no Governo e no Parlamento.

Na maioria destes indicadores, Portugal tem níveis que chegam a ser dos melhores entre os cinco países do sul da Europa. Exceto no que toca às mulheres nos executivos - está na 2ª pior posição.

"EROSÃO DEMOCRÁTICA" EM ALGUNS DOS MAIORES PAÍSES

O nosso país foge assim à tendência mundial da última década, em que foram verificados "declínios dos indicadores democráticos".

O relatório sublinha as "tendências inquietantes" de retrocessos, sobretudo em seis grandes países: Estados Unidos, Brasil, Rússia, Turquia, Índia e Polónia.

"Está a encolher o espaço democrático nos principais países do lado do espectro democracia-autocracia. Uma parcela muito maior da população mundial está hoje a experimentar a autocratização", segundo o relatório, revelando que estão nesta situação 2,5 mil milhões de pessoas.

Nesses países, o retrocesso é sentido com a diminuição da liberdade de imprensa, da liberdade de expressão e do Estado de Direito, reduzindo a proteção global dos direitos e liberdades.

Fonte: SIC Notícias



NOTÍCIAS RELACIONADAS
15/10/2018
Lisboa prevê investir 37 milhões de euros em habitação no próximo ano [Portugal]
15/10/2018
Atenção, startups. Câmara de Lisboa vai dar 30 bilhetes para o Web Summit [Portugal]
15/10/2018
Moody’s eleva rating de Portugal e país volta a ser grau de investimento [Portugal]
15/10/2018
Portugal tem a «confiança, reconhecimento e credibilidade» dos mercados internacionais [Portugal]
15/10/2018
Brasil está bem para resistir a choques, diz Goldfajn para FMI [Brasil]
15/10/2018
Comércio varejista cresce 1,3%, diz pesquisa do IBGE [Brasil]