home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

26/09/2018

Confiança do empresário da construção cresce 0,9 ponto em setembro [Brasil]

O Índice de Confiança da Construção, medido pela Fundação Getulio Vargas (FGV), subiu 0,9 ponto de agosto para setembro e chegou a 80,3 pontos em uma escala de zero a 200.

O Índice de Situação Atual, que mede a confiança no momento presente, subiu 0,7 ponto e atingiu 72,4 pontos, o maior nível desde junho de 2015 (74,2 pontos).

A alta foi provocada principalmente pela percepção sobre a situação atual da carteira de contratos, que aumentou 1 ponto e chegou a 70,8, o maior nível desde julho de 2015 (71,2 pontos).
 
O Índice de Expectativas, que mede a confiança do empresário em relação ao futuro, avançou 1,2 ponto em setembro, subindo para 88,7 pontos, mas ainda é insuficiente para recuperar as perdas sofridas no último mês.

O crescimento foi influenciado, por exemplo, pela perspectiva mais otimista em relação a demanda para os próximos três meses, cujo indicador cresceu 2,3 pontos entre agosto e setembro.
 
O Nível de Utilização da Capacidade do setor subiu 1,4 ponto percentual, para 66,4%, atingindo o maior nível desde fevereiro de 2016 (67%).
 
Segundo a FGV, as expectativas voltaram a crescer, mas sem conseguir recuperar o patamar de antes da greve dos caminhoneiros.

As empresas de infraestrutura, mais suscetíveis ao ambiente de incerteza atual, foram mais impactadas e ainda não mostram sinais de melhora na confiança.

Fonte: Agência Brasil



NOTÍCIAS RELACIONADAS
12/02/2019
Portugal participa pela 1.ª vez na principal feira de turismo de Israel [Portugal e Israel]
12/02/2019
Portugueses doaram mais de 200 mil euros através do multibanco [Portugal]
12/02/2019
Investimento chinês em Portugal deverá ser reforçado nos próximos anos [Portugal e China]
12/02/2019
Exportações portuguesas de têxteis e vestuários atingem recorde de 5.314 milhões [Portugal]
12/02/2019
Festa do Queijo da Serra tem impacto económico superior a 2,5 milhões [Portugal]
12/02/2019
Concurso para obras de 2M€ na ponte Luiz I no Porto até final de março [Portugal]