home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

02/10/2018

Investimento imobiliário em Portugal esteve em discussão no nordeste brasileiro [Portugal-Brasil]

Os participantes receberam informações sobre as necessárias para a obtenção do visto ou cidadania portuguesa

O Município de Natal, no Brasil, recebeu o evento ‘Investimento imobiliário em Portugal’, que abordou temas relevantes para os investidores interessados em oportunidades em Portugal.

Entre os oradores, esteve presente o advogado Marcelo Salomão, sócio presidente do Brasil Salomão e Matthes Advocacia, que abordou o tema ‘Regime do Visto Gold, regime fiscal do residente não habitual em Portugal e saída definitiva do Brasil’.

O painel elucidou os participantes sobre questões relacionadas ao Golden Visa, incluindo as etapas as necessárias para a obtenção do visto ou cidadania portuguesa.

Para Marcelo Salomão, são diversos os motivos para se investir em imóveis em Portugal, como a segurança, a estabilidade política, a tranquilidade de um país que já superou os principais problemas de infraestrutura, além de ser membro da comunidade europeia.

«O Golden Visa permite que se possa residir e trabalhar em Portugal, e, também, transitar livremente dentro do Espaço Schengen, composto por 26 países», afirmou o advogado.

O evento contou, ainda, com palestras sobre rentabilização do investimento imobiliário, processo de compra, manutenção e locação em Portugal e o programa PORTUGAL 2020. O debate foi organizado pela Habitacional imobiliária e pela Interproj Engenharia com apoio da Câmara Portuguesa.

Fonte: Revista de Portugal e das Comunidades



NOTÍCIAS RELACIONADAS
05/12/2019
Fisco vai passar a comunicar em versão “descomplicada” [Portugal]
05/12/2019
Atividade no comércio tem aumento de 2,9% em outubro, diz Serasa [Brasil]
05/12/2019
Estados e municípios devem se adequar à Previdência até julho [Brasil]
05/12/2019
INSS cancelou 261 mil benefícios irregulares em 2019 [Brasil]
05/12/2019
Setor da construção cresce 6% em 2019 [Portugal]
05/12/2019
Bolsa de São Paulo fecha acima de 110 mil pontos pela primeira vez [Brasil]