home > notícias

MUNDO

02/10/2018

Zeca Pagodinho celebra 35 anos de carreira com passagem por Portugal

Lisboa e Porto são as primeiras paragens da tournée europeia do artista brasileiro, nos próximos dias 3 e 10 de outubro, respetivamente.

Considerado um dos maiores nomes do samba brasileiro, Zeca Pagodinho regressa a Portugal para se apresentar no Coliseu de Lisboa, no dia 3 de outubro, e no Coliseu do Porto, no dia 10. A tournée na Europa - que ainda passa pelas cidades de Londres, Zurique, Berlim e Paris - marca uma bem-sucedida carreira com números que traduzem o seu sucesso: são 35 anos na estrada, 12 milhões de discos vendidos, oito nomeações e quatro Grammys conquistados.

O artista volta a realizar espetáculos pela Europa, depois de encher os espaços por onde passou em 2016, e diz que não poderia deixar Portugal fora do circuito. Em conversa com o Notícias ao Minuto Brasil, o cantor destacou que a vinda à capital portuguesa inclui a vontade de matar a saudade de duas das suas atividades preferidas: andar a pé e beber com amigos no Bar Pinóquio até amanhecer. "Só saio quando amanhece, ou quando o bar fecha", diz Zeca, citando nomes de alguns amigos portugueses.

"É muito bacana poder viajar pelo mundo levando o nosso samba. E que alegria voltar para Portugal e me apresentar de novo nos Coliseus! Vou tomar vinho, rever meus amigos, andar pelos lugares que eu tanto gosto”, faz sobressair o cantor, que regressa ao Porto 13 anos depois.

"Fazer show em Portugal é como se eu estivesse no Rio de Janeiro, em São Paulo. Por mim, eu viajaria amanhã. A relação dos portugueses comigo é tão boa e calorosa", enfatiza o cantor.

Zeca garante que o público poderá cantar com ele os seus maiores êxitos, dentre os quais, 'Deixa a vida me levar', 'Jura', 'Judia de mim'. Fãs brasileiros e portugueses ainda verão de perto as interpretações de 'Coração em desalinho', 'Brincadeira tem hora', 'Casal sem vergonha', 'Verdade', além do mais recente êxito 'Ser humano'.

E o sambista não chega sozinho. Vem acompanhado de 24 profissionais, entre músicos e equipa técnica. "E de mais de 30 amigos", atira Zeca.

Fonte: Notícias ao Minuto 



NOTÍCIAS RELACIONADAS
15/10/2018
São portuguesas e foram "extraordinárias" no seu tempo. Sabe quem são?
15/10/2018
Uma das Sete Maravilhas do Mundo, Cristo Redentor completa 87 anos
15/10/2018
CAV de Coimbra explora tema do trabalho em nova exposição
15/10/2018
Associação Aldeias Históricas de Portugal promove cimeira internacional de turismo inédita
15/10/2018
'Foi Deus' é a canção portuguesa mais votada para o primeiro Cancioneiro da UE
15/10/2018
Uma 'antologia mínima' para descobrir ou redescobrir Fernando Pessoa