home > notícias

MUNDO

15/10/2018

Brasileiro cria primeiro desenho animado em Libras no YouTube

Diretor Paulo Henrique dos Santos decidiu fazer a animação depois de não conseguir se comunicar com uma jovem surda. Projeto, que têm 13 episódios, ensina a língua brasileira de sinais.

Depois de uma tentativa sem sucesso de se comunicar com uma jovem surda em uma festa, o diretor de animação Paulo Henrique dos Santos, de 27 anos, decidiu criar um desenho animado para ensinar a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

A iniciativa simples do diretor acabou se tornando referência, o desenho "Min e as Mãozinhas" é o primeiro totalmente em Libras no YouTube.

'Min e as mãozinhas' é o primeiro desenho animado em Libras, a língua brasileira de sinais. —

Arrecadação coletiva

Paulo, que já trabalhou nas animações do Sítio do "Pica-Pau Amarelo" e da "Turma da Mônica", lançou este projeto voltado para crianças surdas com idade entre três e seis anos.

Para desenvolvê-lo, o diretor contou com uma equipe de professores e intérpretes. Ao todo, a primeira temporada tem 13 episódios, mas apenas o primeiro está produzido.

Para concluir o trabalho, Paulo busca parceiros e empresas. Também foi criada uma página de arrecadação coletiva.

Primeiro capítulo

O episódio de estreia conta a história de uma menina surda chamada Yasmin, conhecida como Min. Ela estava na casa da árvore quando um esquilo encontrou pegadas no chão e quis saber de quem eram. Eles vão até a floresta para descobrir quem deixou os sinais pelo caminho. Nesse passeio, encontram o elefante, o gato e o sapo. A todos, Min ensina cinco sinais em libra para que eles aprendam falar, por exemplo, “oi” e dizer o próprio nome.

Fonte: G1



NOTÍCIAS RELACIONADAS
16/01/2019
Google Arts & Culture permite visitar arte portuguesa a partir de qualquer parte do mundo
16/01/2019
Prémio Literário Armando Silva Carvalho distingue escritores da lusofonia
16/01/2019
Venha deliciar-se na Feira do Queijo Serra da Estrela 2019
16/01/2019
Enoturismo. Faturação da Porto Cálem aumentou 40% no ano passado
16/01/2019
Duas marcas portuguesas de vinhos distinguidas com prémio internacional
16/01/2019
Livraria Lello celebra 113 anos