home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

29/10/2018

Bolsa de Lisboa encerra em alta alinhada com Europa [Portugal]

A bolsa de Lisboa encerrou hoje com uma subida de 0,56% para 4.952,31 pontos no índice PSI20, em linha com os ganhos verificados nas principais bolsas europeias.

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 12 subiram e seis desceram. A Pharol liderou os ganhos com uma subida de 4,62% para 0,14 euros, após a Câmara de Arbitragem do Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo ter suspendido provisoriamente o aumento de capital da operadora brasileira Oi, na sequência de um pedido apresentado pela Pharol, acionista da companhia.

Nas principais subidas, a Mota-Engil ganhou 3,24% para 1,72 euros, a Navigator somou 2,51% para 4,33 euros e o BCP avançou 1,43% para 0,22 euros.

A NOS registou uma valorização de 1,23% para 4,94 euros e a EDP subiu 1,21% para 3,09 euros.

A EDP Renováveis foi a cotada que registou a maior descida (1,38% para 7,87 euros), a Sonae Capital perdeu 1,35% para 0,73 euros e a Corticeira Amorim cedeu 0,82% para 9,73 euros.

Ainda nas descidas, a Jerónimo Martins caiu 0,39% para 11,41 euros e a Galp recuou 0,20% para 14,97 euros.

No resto da Europa, Milão terminou a sessão com um ganho de 1,91%, Londres subiu 1,37%, Frankfurt 1,20%, Madrid 1,04% e Paris 0,44%.

A recuperação das bolsas europeias ocorreu depois de a agência de notação financeira Standard & Poor's ter mantido na sexta-feira o 'rating' da dívida italiana, baixando, no entanto, a perspetiva de estável para negativa.

Na semana anterior, a agência Moody's tinha baixado a nota italiana de Baa2 para Baa3, o último nível da categoria de investimento.

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
13/11/2018
Governo vai reformular seguro para exportações [Brasil]
13/11/2018
Portugal registou uma das maiores descidas na taxa de desemprego em setembro [Portugal]
13/11/2018
Faturamento do setor de serviços em SP vai a R$ 29,3 bi e bate recorde [Brasil]
13/11/2018
Infraestruturas de Portugal já investiu até setembro mais que em todo ano de 2017 [Portugal]
13/11/2018
Produção na construção cresceu 4,2% em setembro [Portugal]
13/11/2018
Portugal está entre os melhores destinos para gozar a reforma [Portugal]