home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

18/11/2018

Startup portuguesa premiada pelos EUA [Portugal]

A startup portuguesa Prodsmart foi distinguida pelo governo norte-americano, durante a semana do Web Summit, no âmbito do programa Select USA.

A distinção decorreu numa cerimónia promovida por George Glass, embaixador dos Estados Unidos da América em Portugal, e premiou o «investimento positivo nos Estados Unidos, geração de novos emprego e crescimento económico».

Segundo o co-fundador e presidente executivo Gonçalo Fortes, a Prodsmart ajuda a otimizar processos industriais com o objetivo de reduzir o desperdício, aumentar a eficiência e acabar com o papel.

Criada em 2014 esta startup tecnológica do setor da indústria entrou nos Estados Unidos em 2017, é lá que trabalham grande parte dos seus colaboradores entre os quais Gonçalo Fortes.

Citado em comunicado, o outro co-fundador, Samuel Martins, quem recebeu a distinção em nome da empresa, afirmou que «a entrada no mercado americano, pelas suas dimensões e dinamismo, era um passo incontornável no nosso crescimento. Depois de fecharmos os primeiros clientes, iniciámos processos de recrutamento locais. Estamos também a trabalhar com empresas, associações e universidades americanas para garantir que estamos culturalmente alinhados com o mercado».

O programa do governo norte-americano Select USA tem como objetivo facilitar e encorajar os investimentos no país. A Prodsmart anunciou este ano um investimento de um milhão meio de euros e a contratação de 10 pessoas.

Fonte: Revista de Portugal e das Comunidades



NOTÍCIAS RELACIONADAS
11/12/2018
Produção na construção aumentou 4,5% em outubro [Portugal]
11/12/2018
IBGE prevê safra de grãos 1,7% maior no próximo ano [Brasil]
11/12/2018
Exportações de têxteis e vestuário aumentaram 2,4% para 4,47 mil milhões [Portugal]
11/12/2018
Volume de negócios na indústria cresce 5,4% em outubro [Portugal]
11/12/2018
Israel e Brasil investirão US$ 5 milhões em cooperação tecnológica [Brasil e Israel]
11/12/2018
Portugal promove-se em Londres como destino para gestoras de ativos [Portugal e Inglaterra]