home > notícias

MUNDO

27/11/2018

Obras de 80 autores portugueses à venda em Feira do Livro em Berlim

A segunda edição da Feira do Livro do Camões Berlim, onde vão estar disponíveis mais de 200 títulos de 80 autores de países de língua portuguesa, começa esta quarta-feira (28) e dura três dias.

Obras de escritores como Hélia Correia, Germano Almeida, Mia Couto, Sophia de Mello Breyner, Pepetela, Jorge Amado, José Saramago ou Manuel António Pina vão poder ser adquiridos. Mas também livros de autores que já passaram pela Feira do Livro de Leipzig, como Isabela Figueiredo, Almeida Faria, Patrícia Portela e João Tordo.

«Esta Feira do Livro integra-se na estratégia da Camões Berlim que se tem orientado pela procura de projetos de continuidade, como a criação de uma Bolsa de Residência Literária que terá em 2019 a sua quarta edição, a presença com um programa literário nas Feiras do Livro de Leipzig e de Frankfurt, as visitas de editores de língua alemã a Portugal, o trabalho muito próximo com tradutores e a permanente disponibilização de excertos traduzidos de autores de língua portuguesa a editoras de língua alemã», sublinha Patrícia Severino, diretora do Camões Berlim.

O objetivo desta iniciativa, sublinha à Lusa Patrícia Severino, conselheira cultural da embaixada de Portugal em Berlim, é «garantir ao público residente na capital alemã, mais acessibilidade à literatura de língua portuguesa».

Portugal é o país convidado da Feira do Livro de Leipzig, que vai decorrer em 2021.

Fonte: Revista de Portugal e das Comunidades



NOTÍCIAS RELACIONADAS
12/12/2018
Jovem Avó Jove: vida e obra das notáveis mulheres da família Carvalho, séculos XIX e XX [Embaixada de Portugal no Brasil]
12/12/2018
Brasília Encontra Portugal [Embaixada de Portugal no Brasil]
11/12/2018
Inaugurado Largo José Saramago em Lisboa Reproduzir Vídeo Inaugurado Largo José Saramago em Lisboa
11/12/2018
CNN destaca Portugal como um dos melhores lugares da Europa para visitar
11/12/2018
Portugueses elegem destinos de língua portuguesa para o 'reveillon'
11/12/2018
"O luxo do século XXI vai ser o interior de Portugal"