home > notícias

MUNDO

11/12/2018

Teatro do Campo Alegre com quatro dias de iniciativas para famílias

O Teatro do Campo Alegre, no Porto, dedica de 13 a 16 de dezembro a programação de vários espetáculos, concertos, oficinas e instalações artísticas às famílias e aos mais novos, com iniciativas em várias áreas.

O ciclo, intitulado 'Foco Famílias', insere-se no Paralelo -- programa de aproximação às artes performativas, medida do Teatro Municipal do Porto que permite oferecer oficinas e outras atividades a um público mais novo de forma paralela às récitas de teatro e dança no Teatro Rivoli e no Teatro do Campo Alegre.

Descrito como "um momento da programação pensado exclusivamente para escolas e famílias", o foco arranca pelas 19:00 de dia 13, com uma oficina do belga Seppe Baeyens, intitulada "Let's dance", que antecede a apresentação, em estreia nacional, da nova coreografia do criador, "Invited", a 15 e 16.

A obra é uma "resposta artística à questão de como é que o público pode ajudar a escrever a coreografia de uma performance", e utiliza a dança como linguagem comum de uma "forma alternativa de vivermos juntos", com um elenco intergeracional que interage com o público, que "terá a oportunidade de assumir o controlo".

"O dispositivo cénico divide e une, aparece e desaparece, guiando quer os intérpretes, quer o público, através a história coletivamente escrita", pode ler-se na apresentação da peça, apresentada pelas 16:00 e 19:00 de sábado e as 16:00 de domingo.

Pelas 11:00 de sábado e domingo, dias 15 e 16, o Teatro de Marionetas do Porto traz ao Campo Alegre 'Cinderela', fugindo ao conto tradicional e apresentando "uma reescrita, um tanto ou quanto anacrónica, da história tradicional, a partir das versões de Perrault e Grimm".

O espetáculo insere-se nas comemorações dos 30 anos da companhia, com um texto do fundador, João Paulo Seara Cardoso (1956-2010), música de Paul Ferrer e marionetas construídas a partir de desenhos de João Vaz de Carvalho.

Já a Academia de Música de Vilar do Paraíso, de Vila Nova de Gaia, juntou-se à companhia ondamarela para o espetáculo 'Vozzzzzzzzzz', que explora os sons que fazem "muitas vozes sozinhas, a voz de um grupo" e como "pode o corpo ser palco e instrumento de participação artística e criativa", com quatro apresentações, pelas 12:30 e 20:15 de sábado e domingo.

O ciclo inclui ainda várias oficinas para os mais pequenos e a exibição de cinema, com 'A minha vida de Courgette', do francês Claude Barras, numa parceria com a Medeia Filmes.

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
13/03/2019
Portugal é o Melhor Destino Sustentável da Europa
13/03/2019
Primeira edição dos prémios da música portuguesa realiza-se em abril
13/03/2019
Casa da Música recebe estreia ibérica de sinfonia de Charles Ives
13/03/2019
Memória e futuro dão o mote aos 125 anos do São Luiz
13/03/2019
Criador português dedicou desfile na Moda Lisboa à sustentabilidade
13/03/2019
Novos projetos da Real Companhia Velha e da Sandeman