home > notícias

ASSOCIADOS

30/01/2019

Liderar a Indústria de Amanhã [Síntese Consultoria]

Luís César Menezes, MSc, PMP

Esta é uma pergunta que muitos se fazem e fazem aos seus pares e colaboradores.

Vivemos um período de forte ruptura e transformação. Não que ele seja o primeiro. Além da descoberta do fogo e da pólvora, a vida humana já foi sacudida por uma revolução agrícola, mais tarde por uma revolução industrial, posteriormente a produção em massa, a era da informação, e, agora, a revolução digital.


Muitos são os elementos que fazem parte de um novo universo empresarial. A convergência faz com que equipamentos se falem, a Inteligência Artificial traz o processo decisório e as lições aprendidas de forma viva a atividade de gestão e tomada de decisão. A manufatura avançada traz ambientes ágeis e seguros e a neurociência atua na estruturação do ser humano e sua interação mais produtiva.


Todos estes elementos – presentes ou quando estamos em direção a eles - tornam o ambiente mais complexo para ser administrado e dirigido.
Isto exige que mudanças estruturais sejam realizadas e com elas a incorporação das novas técnicas. Fatalmente, novos conceitos estão por trás destas implementações, o que gera uma forte atenção a gestão de mudanças nas organizações.


Assim, o líder não deve se preocupar exclusivamente com a questão tecnológica, mas revisitar as suas convicções e práticas de liderança.
Novos líderes nesta economia emergente devem pensar numa revisão da política interna nas organizações. Abrir oportunidades para que novos grupos, étnicos e culturais, possam ascender na hierarquia e assumir novas funções nos processos de tomada de decisão empresarial. A mudança na cultural organizacional, para tanto, é fundamental. Fala-se muito sobre isso, faz- se pouco. As novas lideranças devem ter maior agilidade e conseguir trabalhar mais facilmente na transversalidade das organizações. Deve saber como aproveitar, melhor, as diversidades, em todos os sentidos, funcionais, de raça, sexo, intelectuais.


A gestão de projetos possui instrumentos que podem auxiliar este novo líder com estas suas atribuições. Pode fazer com que ele tenha um melhor desempenho, uma maior produtividade ao desenvolver a sua função na organização.

Fonte: Síntese Consultoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/02/2019
EDP Live Bands abre inscrições para a sua 4ª edição [EDP]
20/02/2019
Missão iTechStyle Summit 2019 31/03 a 06/04 [Atlantic Hub]
20/02/2019
Declaração Anual de Capitais Brasileiros no Exterior (DCBE) 2019 [FCB Legal]
20/02/2019
Embraer entregou 181 jatos executivos e comerciais em 2018 [Embraer]
20/02/2019
Trabalho igual, salário igual [Sérvulo]
20/02/2019
Ministério da Justiça cria Coordenação Geral de Imigração Laboral [BR Visa]