home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

12/02/2019

Macau e Rio de Janeiro assinam acordo de cooperação [Brasil]

O Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau (IPIM) e a Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro assinaram um acordo de cooperação destinado a apoiar e aprofundar o relacionamento entre as duas cidades.

O documento foi assinado no Rio de Janeiro pela presidente substituta do IPIM, Irene Va Kuan Lau, e pelo coordenador das relações internacionais da autarquia brasileira, o embaixador António Fernando Cruz de Mello.

«As duas partes (...) reconhecem que esta cooperação permite apoiar no desenvolvimento das duas cidades, bem como concordam, com base no referido acordo, desenvolver com a maior brevidade, o planeamento e o lançamento de todos os trabalhos inerentes», pode ler-se no comunicado.

O embaixador, citado na nota, expressou o desejo de que o acordo permita aproveitar «a função de Macau enquanto plataforma de serviços para a cooperação comercial entre a China e os países de língua portuguesa, através da captação de mais empresas de Macau e da China continental no setor de alta e nova tecnologia a estabelecerem-se no Brasil».

Já a responsável do IPIM aproveitou para convidar as entidades governamentais locais a organizarem delegações empresariais para participarem na 24ª Feira Internacional de Macau (MIF) e na Exposição dos Produtos e Serviços de Língua Portuguesa, dois eventos que se realizam em simultâneo, em outubro, no território.

Fonte: Revista de Portugal e das Comunidades



NOTÍCIAS RELACIONADAS
22/05/2019
Número de desempregados inscritos no IEFP caiu 14,6% em abril [Portugal]
22/05/2019
Mourão visita China para fortalecer a cooperação econômica [Brasil]
22/05/2019
Um dos quatro locais de 'coworking' mais disruptivos do mundo é português [Portugal]
22/05/2019
Turismo Porto e Norte com aumento de dormidas no 1.º trimestre 2019 [Portugal]
22/05/2019
Portugal com a segunda menor taxa de inflação da UE em abril [Portugal]
22/05/2019
Número de famílias com desempregados diminuiu 240 mil nos últimos três anos [Portugal]