home > notícias

ASSOCIADOS

20/03/2019

IOF-câmbio: recursos mantidos no exterior (solução de consulta 246) [Chiarottino e Nicoletti Sociedade de Advogados]

Nos termos do inciso I do artigo 15-B do Decreto nº 6.306/2007, as operações de câmbio relativas ao ingresso de divisas no País decorrentes de receitas de exportação de bens e serviços estão sujeitas à alíquota zero do IOF-câmbio.

Em 11 de dezembro de 2018, o Fisco federal brasileiro confirmou, por meio da Solução de Consulta nº 246, que recursos oriundos de exportações, incluindo aqueles mantidos em moeda estrangeira em uma instituição financeira fora do Brasil, não estão sujeitos ao IOF-câmbio. Contudo, entenderam as autoridades fiscais pela incidência do imposto, à alíquota de 0,38%, quando estes mesmos recursos são remetidos ao País em “data posterior à conclusão do processo de exportação”.

Dúvidas advindas desta manifestação da Cosit têm surgido em face do silêncio da Receita quanto ao significado do termo “conclusão do processo de exportação”, além de discussões outras relacionadas à questão se a simples manutenção dos fundos no exterior, seguida de posterior remessa ao Brasil, seria fato forte o suficiente para descaracterizar a transação como uma exportação, para fins fiscais.

Fonte: Chiarottino e Nicoletti Sociedade de Advogados



NOTÍCIAS RELACIONADAS
07/07/2020
Da Restrição Na Aplicabilidade Da Transação Tributária [Tonani Advogados]
07/07/2020
Seguro Garantia De Performance: Proteção Para A Construção Civil Em Tempos De Pandemia [MDS Brasil]
07/07/2020
COVID-19: Compilado das principais normas e medidas administrativas emitidas em razão da pandemia [Lefosse Advogados]
07/07/2020
A Lei da Liberdade Econômica: Autonomia para Empreender com Segurança? [Sanchez e Sanchez Sociedade de Advogados]
07/07/2020
O depósito recursal trabalhista e o seguro garantia judicial [Brasil Salomão e Matthes Advocacia]
07/07/2020
Direitos e deveres do cidadão português [Nacionalidade Portuguesa Assessoria]