home > notícias

ASSOCIADOS

26/03/2019

Os riscos da confusão entre marcas [Peduti Advogados]

Os conflitos relacionados às marcas podem surgir por diversos motivos, dentre eles, pela confusão entre signos marcários que, de modo simples, nada mais é do que o fato de um consumidor médio adquirir determinado produto ou serviço acreditando ser o que de fato não é.

Para verificar se existe confusão, é imprescindível que ocorra a comparação entre as características dos conjuntos marcários em sua totalidade. Para tanto, deve-se verificar se as marcas se destinam a identificar o mesmo tipo de produto ou de serviço, se atingem o mesmo público consumidor, se são semelhantes gramaticalmente, em aparência (trade dress),  em fonética,  em significadose a marca infratora se caracteriza pelo intuito fraudador, ou seja, de enganar o consumidor, entre outros detalhes.

O grande risco que a confusão pode ocasionar é retirar da marca seu caráter único. Para que a marca não perca seu escopo de diferenciar produtos e serviços dos demais presentes no mercado, se tornando apenas um termo comum, o risco de confusão entre signos marcários deve ser analisado por advogados especializados no tema para que, existindo tal possibilidade, as medidas cabíveis sejam tomadas.

Fonte: Peduti Advogados



NOTÍCIAS RELACIONADAS
18/06/2019
Novas regras para o seguro fiança locatícia [Pinheiro Neto Advogados]
18/06/2019
DEBATE - O uso de tecnologias na reforma do Estado: a experiência de Portugal [Fundação FHC]
18/06/2019
Congresso Mundial das Redes da Diáspora (Porto, 13-14 de julho) [Consulado Geral de Portugal]
18/06/2019
Projetamos, implementamos e acompanhamos full time a infraestrutura do seu projeto na nuvem [Claranet]
18/06/2019
EDP e Eneva inauguram primeira estrada do Ceará construída com cinzas de carvão [EDP]
18/06/2019
Pestana Hotel Group conquista cinco ‘óscares’ do turismo no WTA Europa [Cunha Vaz]