home > notícias

ASSOCIADOS

10/04/2019

Portugal cria medida para acelerar pedidos de vistos [BR-Visa]

Com o aumento da demanda de vistos de estudo para Portugal, a demora no processamento e conclusão dos pedidos de vistos chegou a levar vários meses.

Para tentar agilizar o sistema de pedidos de vistos no Brasil, Portugal passou a autorizar que as solicitações fossem feitas através de um centro de atendimento alternativo em São Paulo.

O governo português afirma que, em breve, o serviço será expandido para outras cidades brasileiras.

Lentidão nos pedidos de vistos

Estudantes relatam esperas de mais de três meses para conseguirem a autorização, e afirmam que nos últimos anos diversos alunos chegaram a perder o período do início do ano letivo por conta dos atrasos na emissão dos vistos.

No Brasil, a insatisfação dos alunos e familiares provocada pela lentidão nos processos, levaram a manifestações por todo o país, as universidades portuguesas também se demonstraram insatisfeitas com o cenário. Os alunos internacionais correspondem a uma considerável fonte de receita para as instituições de ensino de Portugal, visto que os inter cambistas pagam mensalidades mais altas do que os alunos portugueses.

Alta Demanda

De acordo com estatísticas do setor, na ultima década, a quantidade de estudantes internacionais matriculados em instituições de ensino portuguesas praticamente dobrou.

Os brasileiros estão na liderança, com mais de 12 mil alunos. O número corresponde a praticamente a soma dos outros 4 países que mais enviam estudantes para Portugal: Angola, Cabo Verde, Espanha e Itália.

Taxas e Informações Gerais

Quem optar pelo serviço fornecido pelo centro de atendimento alternativo, paga uma taxa adicional de R$84,00, além dos R$377,55, custos administrativos do consulado para emissão do visto.

A entrega de documentos para os pedidos pode ser feita de segunda a sexta das 08:30 as 15:00 hs.

O centro alternativo atua apenas com as questões administrativas e de cobrança, ou seja, a responsabilidade sobre a aprovação ou não dos vistos é exclusiva do consulado português.

A nova forma de requerer vistos é valida para estadias com motivos de estudo e trabalho. Brasileiros que desejam ir a Portugal como turistas, por períodos de até 90 dias, não precisam solicitar visto.

Fonte: BR-Visa



NOTÍCIAS RELACIONADAS
24/04/2019
Métodos Híbridos para a gestão de projetos: Uma abordagem prática [Síntese Consultoria]
24/04/2019
EDP lança programa de aceleração global para startups do setor de energia [EDP]
23/04/2019
Investir e viver em Portugal [Global Trust]
23/04/2019
Livro sobre os portugueses e o tropeirismo nos séculos XVI e XVII no Brasil [Essential Idea]
23/04/2019
EDP orienta sobre riscos com a rede de energia ao construir ou reformar [EDP]
23/04/2019
Perdão de dívida:Não incidência do PIS e da COFINS [Gaia, Silva, Gaede Advogados]