home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

07/05/2019

Lucro da Vista Alegre mais do que duplica no 1.º trimestre [Portugal]

O lucro da Vista Alegre mais do que duplicou (134%) nos três primeiros meses do ano, face a igual período de 2018, para 1,5 milhões de euros, traduzindo-se no "melhor desempenho de sempre", anunciou hoje o grupo.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a marca de cristal e porcelana refere que no primeiro trimestre "registou um resultado operacional de três milhões de euros, superior em 114% ao período homólogo de 2018, e o resultado líquido do exercício teve uma taxa de crescimento de 134%", para 1,5 milhões de euros.

No trimestre, o volume de negócios da Vista Alegre aumentou 58%, para 30,4 milhões de euros.

Em entrevista à Lusa, no início de abril, o presidente do Conselho de Administração do grupo, Nuno Marques, tinha adiantando que a Vista Alegre estava a crescer "cerca de 40%" nos primeiros três meses do ano.

"O grupo Vista Alegre teve o melhor desempenho de sempre no primeiro trimestre de 2019", refere a empresa, destacando o resultado antes de impostos, juros, depreciações e amortizações (EBITDA), que aumentou 95% para 5,6 milhões de euros.

"Relativamente à aplicação da nova norma contabilística de reporte da contabilização de locações, a IFRS 16, que foi efetiva a partir de 01 de janeiro de 2019, o EBITDA está positivamente impactado em 690 mil euros devido à exclusão das rendas reclassificadas para amortizações e juros", refere a empresa.

"O mercado externo continua a crescer substancialmente, atingindo os 24 milhões de euros de vendas, representa atualmente 79% do volume de negócios, um incremento de 12 pontos percentuais face ao período homólogo de 2018", refere.

O aumento é justificado pela subida do negócio nos mercados europeus e asiáticos, sendo que na Europa destacam-se a Holanda, Itália e França com as maiores subidas.

No mercado interno, o valor das vendas foi de 6,3 milhões de euros.

Recentemente, a Vista Alegre inaugurou a nova fábrica Bordallo Pinheiro, num investimento no valor de nove milhões de euros, o que permitiu a admissão de mais 100 colaboradores.

No primeiro trimestre, os investimentos realizados ascenderam a 5,2 milhões de euros, foram essencialmente no segmento grés mesa, com a conclusão da ampliação da fábrica da Ria Stone, e no segmento de faiança, com a conclusão do aumento da fábrica da Bordallo Pinheiro.

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
15/05/2019
Receita da Vodafone supera os mil milhões [Portugal]
15/05/2019
Têxteis. Portugal acumula prémios de inovação na Alemanha [Portugal]
15/05/2019
Feira Internacional de Negócios impulsiona o estabelecimento de parcerias e protocolos [Portugal]
15/05/2019
Brasil já é o segundo maior exportador mundial de milho [Brasil]
15/05/2019
Alentejo tem "condições ideais" para atrair investimento na Califórnia [Portugal]
15/05/2019
Brasil ganha US$ 8,1 bilhões com guerra comercial entre China e EUA [Brasil]