home > notícias

MUNDO

28/05/2019

'Museu das Descobertas' mostra 117 peças no Museu de Arte Antiga

Uma exposição com 117 peças provenientes do acervo do Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA), em Lisboa, sob o "título provocatório" de 'Museu das Descobertas', vai ser inaugurada na quinta-feira.

Trata-se da última exposição desenhada pela direção cessante, composta pelo diretor, António Filipe Pimentel, que tinha anunciado a saída para junho, e por José Alberto Seabra Carvalho, diretor-adjunto, que sai por aposentação.

Fonte do museu indicou à agência Lusa que a exposição irá reunir vários tipos de peças provenientes do acervo do museu, num total de 117 obras, e é um projeto assinado por Anísio Franco, António Filipe Pimentel e José Alberto Seabra Carvalho.

Ao MNAA "pareceu oportuno levar a cabo a organização do presente projeto, abrigado sob a designação provocadora de ´Museu das Descobertas´, num tempo que assiste a uma renovada atualidade do conceito de museu, amplamente ilustrada na febre constitutiva de novas instituições", indica um texto sobre a nova exposição enviado à Lusa.

"O efeito transfigurador que o museu tem sobre o visi-tante é consequência de um mundo insuspeito de saberes, aplicados no contínuo trabalho de preservar, estudar e comunicar dissipando engano e dúvida", acrescenta o texto.

Sublinha ainda que "o museu existe para proporcionar uma experiência pessoal a quem o visita, fruto daquela que desenvolvem os que nele trabalham, dia após dia".

A 13 de maio, o Ministério da Cultura anunciou que o conservador da coleção de pintura do MNAA, Joaquim Caetano, vai assumir, em junho, o cargo de diretor daquele museu de Lisboa, sucedendo a António Filipe Pimentel.

Pimentel anunciou em janeiro que deixaria o cargo em junho "por falta de condições" para trabalhar numa instituição que "está no limite das forças", disse à Lusa, na altura.

Numa audição no parlamento, mais tarde, afirmou ter denunciado "a situação de rutura" da instituição a sucessivos ministros da Cultura, mas que nunca chegou a obter respostas às carências.

António Filipe Pimentel recordou que fez "denúncias sucessivas sobre as limitações orçamentais e a falta de recursos humanos", que tem obrigado ao encerramento temporário de várias salas do museu ao longo dos anos.

A nova exposição, 'Museu das Descobertas', ficará patente ao público no MNAA entre 31 de maio e 29 de setembro de 2019.

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
05/12/2019
29ª Edição do Programa de Exposições do CCSP – 2ª Mostra
05/12/2019
Musicais no Cinema
05/12/2019
Bailado clássico O Quebra-Nozes regressa ao Teatro Camões a partir de sexta-feira
05/12/2019
Bienal de São Paulo abre novamente a porta a artistas portugueses
05/12/2019
From Lisboa to the World - Exposição mostra arte portuguesa ao mundo
05/12/2019
Filme sobre a emigração portuguesa com estreia mundial no Luxemburgo