home > notícias

ASSOCIADOS

10/06/2019

CEO da EDP, Miguel Setas, é eleito o executivo do ano no setor de Energia [EDP]

São Paulo, 30 de maio de 2019 – Na noite desta terça-feira (28), o jornal Valor Econômico, do Grupo Globo, reconheceu Miguel Setas, CEO da EDP, companhia que atua em todos os segmentos de energia, como o melhor líder empresarial no setor de Energia. 

Em sua 19ª edição, o prêmio Executivo de Valor elegeu os melhores executivos do Brasil em 19 ramos da economia e cinco categorias. Os vencedores foram escolhidos após pesquisa realizada pelo jornal com um júri composto por dirigentes de consultorias de recrutamento participantes da Association of Executive Search and Leadership Consultants (Aesc), e com o Instituto Brasileiro de Governança Corporativa (IBGC).

A avaliação leva em conta aspectos como o desempenho do executivo na gestão da empresa em 2018 e sua reputação no mercado. Em 2018, a EDP alcançou Lucro Líquido de R$ 1,3 bilhão, um aumento de 108% em comparação com 2017 – o melhor resultado já obtido em seus 23 anos de operação no Brasil. Neste ano, a Companhia, que já era a principal patrocinadora da reconstrução do Museu da Língua Portuguesa, foi a primeira a anunciar o patrocínio máster à recuperação do Museu do Ipiranga, fechado desde 2013.

“Dedico este prêmio a todos os meus colegas e parceiros de negócio da EDP. Mais do que um reconhecimento individual, este destaque do jornal Valor Econômico é o reconhecimento de uma grande equipe que faz a EDP acontecer diariamente”, afirma Miguel Setas. Há 11 anos no Brasil, Setas comanda a EDP desde 2014 e, desde 2015, integra o conselho mundial do grupo.

Sobre a EDP

Com mais de 20 anos de atuação, a EDP é uma das maiores empresas privadas do setor elétrico a operar em toda a cadeia de valor. A Companhia, que tem mais de 10 mil colaboradores diretos e terceirizados, atua em Transmissão, Comercialização e Serviços de Energia, e possui 6 unidades de geração hidrelétrica e uma termelétrica. Em Distribuição, atende cerca de 3,4 milhões de clientes em São Paulo e no Espírito Santo. Recentemente, tornou-se a principal acionista da CELESC, em Santa Catarina. No Brasil, é referência em áreas como Inovação, Governança e Sustentabilidade, estando há 13 anos consecutivos no Índice de Sustentabilidade Empresarial (ISE) da B3.

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
15/10/2019
Prêmio Os Melhores do Ano/2018 - Palácio dos Távoras [Rota do Azeite e Vinhos]
15/10/2019
Tira dúvidas - Estudar em Portugal [CEP - Como estudar em Portugal Assessoria]
15/10/2019
Empresas Feitas Para Vencer [RRBA]
15/10/2019
Alterações na Lei Geral de Telecomunicações [Felsberg Advogados]
15/10/2019
Flávia Amaral coordenará mesa redonda sobre gestão de franquias na Convenção da ABF [Chiarottino e Nicoletti Advogados]
15/10/2019
O pastel de nata: ontem, hoje e amanhã [Ferneto Brasil]