home > notícias

MUNDO

16/07/2019

'I'm your mirror' de Joana Vasconcelos é inaugurada no sábado na Holanda

A exposição 'I'm your mirror', da artista portuguesa Joana Vasconcelos, é inaugurada no sábado no museu Kunsthal, em Roterdão, depois de ter passado pelo Museu Guggenheim Bilbao, em Espanha, e pelo Museu de Serralves, no Porto.

 

Aquela que será a primeira exposição individual de Joana Vasconcelos na Holanda estará patente até 17 de novembro, de acordo com o atelier da artista portuguesa.

'I'm your mirror', que esteve patente entre 29 de junho e 11 de novembro do ano passado no Museu Guggenheim Bilbao, foi a 13.ª mais visitada de 2018 a nível mundial, de acordo com a publicação especializada The Art Newspaper.

Em Espanha, a mostra de Joana Vasconcelos foi vista em Bilbao por cerca de 649 mil pessoas, a uma média de 5.600 por dia.

A exposição inclui mais de 30 obras de Joana Vasconcelos, realizadas de 1997 até à atualidade, 14 das quais novas, reunindo alguns dos trabalhos mais distintos e emblemáticos da artista.

Entre as 14 peças novas apresentadas conta-se uma máscara veneziana com 2,5 toneladas, feita com 231 molduras de duplo espelho, e um anel solitário, de três toneladas, com 112 jantes de carro e 1.324 copos de cristal.

No Porto, 'I'm your mirror', que esteve patente no Museu de Serralves entre 19 de fevereiro e 24 de junho deste ano, foi visitada por mais de 584.864 pessoas.

A exposição é organizada pelo Guggenheim Bilbao, em parceria com o Museu de Arte Contemporânea de Serralves e a Kunsthal Rotterdam, é comissariada por Enrique Juncosa e tem como mecenas exclusivo o BPI.

Joana Vasconcelos começou a expor na década de 1990, tendo o seu trabalho começado a tornar-se conhecido internacionalmente em 2005, ano em que participou na Bienal de Veneza com a peça "A Noiva".

Em 2012, tornou-se na primeira mulher e artista mais jovem a expor obras no Palácio de Versalhes, em Paris.

Um ano depois representou oficialmente Portugal na Bienal de Arte de Veneza, num projeto comissariado por Miguel Amado, que levou um cacilheiro, transformado em obra de arte, ao recinto principal da mostra internacional de arte contemporânea.

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
28/07/2020
Guimarães mostra ao mundo o melhor da arte têxtil contemporânea
28/07/2020
Convento dos Capuchos em Sintra reabre ao público em 1 de agosto
28/07/2020
Museu em Lisboa possui das mais antigas representações da meloa e do cravo-túnico
28/07/2020
Comboio histórico do Douro vai circular aos sábados de agosto e setembro
28/07/2020
Festival Músicas do Mundo de Sines já tem datas e nomes para 2021
28/07/2020
Casa de Serralves arranca com obras em agosto para receber Coleção Miró