home > notícias

ASSOCIADOS

06/08/2019

Caminho de Santiago de Compostela – Trajeto Português [Nacionalidade Portuguesa]

“Para ver o que você nunca viu, é preciso andar por onde você nunca andou.” Esta é uma das frases que podem muito bem ser ditas pelos peregrinos do Caminho de Santiago de Compostela.

Mas muito mais do que uma frase de efeito, quem decide fazer esta jornada encontra muito mais do que um novo caminho.

Com opções de trechos mais longos outros mais curtos, o Caminho de Santiago de Compostela é famoso mundialmente e já levou milhões de pessoas até a cidade localizada na região espanhola da Galícia. O caminho mais famoso é o que inicia na França, mas Portugalconta com algumas alternativas, e que tem crescido na preferência dos peregrinos. 

As mais bonitas Igrejas de Portugal

Caminho Português de Santiago, também é chamado de Caminho Central Português, e atualmente é o segundo itinerário mais utilizado por quem pretende chegar ao túmulo do Apóstolo Thiago, ou Apóstolo Santiago Maior, como costuma ser referido em Compostela.

Dentro do caminho português também há variações de distâncias, por isso é importante considerar a cidade de partida. 

caminho de santiago compostela - nacionalidade portuguesa

Caminho de Santiago de Compostela em Portugal

 

Caminho Português de Santiago

O Caminho Português de Santiago mais longo está marcado desde Lisboa, da Igreja de Santiago e da Sé Catedral, até à praça do Obradoiro em Santiago de Compostela, trecho que tem uma distância de aproximadamente 625 km.

No entanto, não é tão fácil encontrar hospedagem de Albergues de Peregrinos Municipais em boa parte do percurso entre Lisboa e Porto. Por isso, muito peregrinos optam por iniciar a caminhada da cidade do Porto, e então percorrer cerca de 240 km. A partir do Porto algumas rotas podem ser escolhidas, e assim é possível variar entre o Caminho Central e o da Costa.

 

Guia turístico do Porto

Caminho Português Central

O Caminho da Costa, que segue percorrendo as belas cidades do litoral norte português,  passa por Vila do Conde, Esposende, Viana do Castelo, entre outras.

Nesta rota o peregrino tem o Oceano Atlântico como companhia em boa parte do trajeto. Este caminho ganhou relevância a partir do século XVIII, sendo utilizado pelas populações costeiras e pelos que desembarcavam nos portos marítimos. Nesse período foi um dos eixos mais importantes para alcançar Santiago de Compostela. 

Já em terras espanholas, o peregrino encontra Oia, Baiona, Nigran, Vigo, entre outras.

O itinerário completo desde o Porto até Santiago, passando por La Guardia e Vigo, tem cerca de 260 km.

O Caminho Português da Costa também pode ser considerado uma derivação do Caminho Português Central, pois para chegar até a Espanha também é possível atravessar o Rio Minho, que divide os dois países.

 

Guia turístico de Viana do Castelo

Caminho Português da Costa

Quem não faz questão do mar e prefere a terra firme com belas paisagens rurais, aldeias pequeninas e pontes medievais e cidades históricas, pode escolher o caminho da Costa.

caminho da costa santiago - nacionalidade portuguesa

Caminho da Costa para Santiago de Compostela

Esta rota nasce às margens do rio Douro na cidade do Porto e há indícios de que já existia na época da Alta Idade Média, para depois se intensificar a partir da independência do país em meados do século XII. 

Os peregrino que optam por este roteio podem conhecer cidades históricas como Barcelos, Ponte de Lima, e Valença do Minho. Entre uma e outra cidade as paisagens vão presenteando os peregrinos com bosques, plantações, pequenas capelas, conventos, e pequenos altares com a imagem de Santiago Peregrino, acompanhando o romeiro. 

Trajeto português mais curto

Há ainda uma rota que se inicia em Valença do Minho, última cidade portuguesa antes da fronteira com a Espanha, este trecho tem cerca de 120 km. Há uma grande estrutura em Valença especialmente preparada para os peregrinos que por ali passam.

 

Guia turístico de Valença em Portugal

Não precisa ser a pé

Há quem não tenha ânimo, condições físicas ou mesmo disposição para percorrer quilômetros de caminhada para chegar a Santiago de Compostela. Mas isso não impede ninguém de visitar o local e opções de transportes são muitas.

É possível pegar a estrada de ônibus, trem, alugar um carro, bicicleta ou procurar empresas especializadas em excursões partindo de Portugal. 

Há quem prefira alugar um carro e ir passeando pelas cidades históricas, e neste caso é uma boa pedida partir de Lisboa ou ainda de mais ao sul do país. Para isso 3 a 5 dias é um bom período para passear por Portugal tendo como destino Santiago de Compostela. 

 

Lisboa ao Porto - Passeio de Carro

Símbolos 

Quando a pessoa decide que irá percorrer o Caminho de Santiago é necessário entender e reconhecer alguns símbolos e objetos. Depois de fazer o caminho, uma simples seta amarela, uma concha ou um cajado jamais terão o mesmo significado. 

Concha ou Vieira

concha ou vieira, é um dos principais símbolos do Caminho de Santiago.

conchas santiago - nacionalidade portuguesa

Conchas do Caminho de Santiago de Compostela. www.caminhoportosantiago.com

As opiniões se dividem quanto a origem da integração da concha como símbolo das peregrinações e em dado momento, o símbolo passou a ser chamado Concha de Santiago, pois quando os peregrinos chegavam ao destino recebiam este objeto como símbolo da conclusão do objetivo. Outros a veem como amuleto e a carregam durante o percurso, é comum ver os peregrinos com conchas pendurada nas mochilas ou nas bagagens das bicicleta. 

Seta Amarela

Seta Amarela chama a atenção em muitas cidades portuguesas, mesmo daqueles que não são peregrinos.

É um símbolo muito popular, pois é ela quem orienta o caminho dos  atuais peregrinos.

Foi Elías Valiña, padre espanhol, o pioneiro na aplicação das setas amarelas como apoio aos peregrinos que se perdiam pelo caminho. Nos dias de hoje a utilização da seta amarela está presente em quase todos os caminhos rumo a Santiago de Compostela. Por esta razão, este símbolo tornou-se universal junto dos peregrinos.

seta amarela - nacionalidade portuguesa

Seta amarela que indica o caminho

Cajado

cajado sobretudo ajuda na caminhada, atravessar riachos, caminhos com lama, apoio para saltar obstáculos, antigamente servia também como arma de defesa contra ladrões ou animais que ameaçavam o caminho.

Mas é o significado do bastão de madeira que chama mais atenção. O bordão é referido no Codex Calixtinus (século XII) onde se refere a bênção que se fazia no início da peregrinação e é entendido como o terceiro pé do peregrino, símbolo da fé na Santíssima Trindade.

Preparação

Para os brasileiros que vem especialmente para fazer o Caminho de Santiago de Compostela, é importante saber que esta será um viagem dentro de outra. Por isso o primeiro passo é o planejamento. Aquele normal necessário antes de qualquer viagem: passaporte, passagens, hospedagem, enfim, o pacote completo.

Depois há a viagem do próprio Caminho de Santiago. Para essa ainda são necessários outros cuidados:

Preparação física: mesmo escolhendo o caminho mais curto é preciso estar preparado fisicamente para andar longos trechos. Além disso é importante escolher um período do ano com o clima propício, evite os picos de inverno e verão, quando o caminho se torna mais difícil. 

Preparação psicológica: saiba que será uma jornada de descobertas, de lugares, de experiências, mas sobretudo pode ser que a principal jornada seja a que se passa internamente. Por isso esteja preparado para fortes emoções. 

Bagagem: O que levar? Como levar? O quanto levar? Que calçado usar? Estas são perguntas que precisam de respostas estratégicas e inteligentes. Uma pesquisa intensa e uma boa conversa com quem já fez o Caminho de Santiago de Compostela são fundamentais para as melhores respostas. 

Hospedagem: Há opções baratas e simples que recebem muito bem os peregrinos em Portugal. Os mais procurados são os Albergues de Peregrinos no Caminho Português de Santiago, que podem ser municipais, geridos pelas autarquias, ou os albergues geridos por instituições religiosas, associações e organizações sem fins lucrativos. Há ainda os albergues privados, pousadas ou hotéis tradicionais. 

caminho de compostela - nacionalidade portuguesa

Caminho de Santiago de Compostela

 

Outros Caminhos 

O Caminho de Santiago tem sete rotas históricas: o Caminho Francês, o Caminho do Norte, a Vía de la Plata, a Rota Marítimo fluvial, o Caminho Inglês, o Caminho Primitivo e o Caminho Português. Existe ainda o Caminho de Finisterra que faz a ligação entre a cidade de Santiago e Finisterra.

Fonte: Nacionalidade Portuguesa



NOTÍCIAS RELACIONADAS
20/08/2019
Apresentação de Registro Criminal por Cidadãos Estrangeiros [Asa Lawyers]
20/08/2019
Como garantir a segurança dos alimentos, da cadeia de produção do campo para o consumo [Apcer Brasil]
20/08/2019
Startups e pequenos empresários – primeiros passos [Franco Advogados]
20/08/2019
Hospital BP é reconhecido pela qualidade dos dados sobre câncer compartilhados pela instituição [BP - A Beneficência Portuguesa de São Paulo]
20/08/2019
Receita Federal entende que alienação de quotas de FII deve ser tributada à 20% [FCB - Sociedade de Advogados]
20/08/2019
Educação de qualidade impulsiona mercado imobiliário português [Belas Clube de Campo]