home > notícias

ASSOCIADOS

27/08/2019

Pretende investir em Portugal de forma independente? O visto D2 é a solução para si [Asa Lawyers]

O visto D2 permite a entrada legal de cidadão estrangeiro em Portugal que pretenda requerer autorização de residência em território nacional, através da realização de investimento em Portugal.

Assim, é concedido visto de residência para os imigrantes empreendedores que pretendam investir em Portugal desde que:

  • Tenham efetuado operações de investimento em Portugal ou;
  •  Comprovem que possuem meios financeiros disponíveis em Portugal (incluindo os decorrentes de financiamentos obtidos em instituições financeiras portuguesas) e demonstrem a intenção de fazer um investimento em Portugal (apesar de não existir um montante de investimento mínimo, na avaliação do pedido é tido em conta se o valor investido é compatível com a atividade que se pretende desenvolver).

Quanto ao procedimento, o primeiro passo é requerer o visto D2 junto do Consulado ou da Embaixada de Portugal no Brasil, para poder entrar legalmente em Portugal com o visto destinado à sua pretensão e, posteriormente, junto do SEF em Portugal, requerer a respetiva autorização de residência.

Importante será de salientar que uma vez atribuída a residência em Portugal, pode requerer o reagrupamento familiar da sua família.  

Fonte: Assessoria



NOTÍCIAS RELACIONADAS
21/01/2020
Como funciona o divórcio extrajudicial - via cartório [Terras Gonçalves Advogados]
21/01/2020
Autorizado trabalho aos domingos e feriados [Menna Barreto]
21/01/2020
Como são os planos de telefonia em Portugal [Nacionalidade Portuguesa]
21/01/2020
O que pode ser feito para pagar menos ITBI [Azevedo Neto Sociedade de Advogados]
21/01/2020
A IMR&Erickson International convidam você a participar do workshop High Performance Team Coaching [IMR]
21/01/2020
Mudança legislativa nos crimes culposos na direção de veículo automotor [Paulo Franco Sociedade Advogados]