home > notícias

NEGÓCIOS E ECONOMIA

17/09/2019

Vai à Web Summit? Pode deixar as notas e moedas para trás [Portugal]

Parceria entre a SIBS e a Web Summit permitirá que o evento seja 100% 'cashless'. Todos os comerciantes vão ter opções de pagamento eletrónicas, garante a SIBS.

Se vai participar na edição deste ano da Web Summit, saiba que não precisa de levar moedas ou notas, porque uma parceria entre a SIBS e o evento - que dura já há três anos - vai permitir a realização de pagamentos eletrónicos em todo o recinto do maior evento de tecnologia do país. 

"Esta parceria permite, uma vez mais, posicionar Portugal como um país inovador e que reforça continuamente a aposta na digitalização da economia. A possibilidade de exibir a inovação tecnológica nacional num evento com tão grande visibilidade internacional, e a associação a uma marca tão forte como a Web Summit oferece à tecnologia cashless portuguesa uma grande notoriedade. Ao mesmo tempo, espero que essa visibilidade possa apoiar uma maior penetração dos pagamentos digitais na nossa economia", refere o ministro Adjunto e da Economia, Pedro Siza Vieira, num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Com esta parceria, a SIBS, gestora da rede Multibanco, vai disponibilizar soluções de pagamento "seguras" a todos os comerciantes do evento, "com sistemas que aceitam todo o género de meios de pagamento digitais", de acordo com o mesmo comunicado. Estão incluídos os pagamentos com cartão ou através de aplicações móveis. 

"Estamos muito orgulhosos em fortalecer esta relação e ter a nossa tecnologia e soluções a permitir um evento cashless e uma experiência mais digital. Num evento tão focado em tecnologia e inovação, faz todo o sentido que os pagamentos cashless sejam uma realidade", refere a CEO da SIBS, Madalena Tomé. 

Fonte: Noticias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
21/09/2020
Governo deve estender apoio à exportação até Março de 2021 [Portugal]
21/09/2020
Confiança do empresário do comércio tem alta recorde em setembro [Brasil]
21/09/2020
Governo aponta abertura a contributos para Plano de Recuperação [Portugal]
21/09/2020
Abertura de empresas cresce, enquanto fechamento recua em 8 meses [Brasil]
21/09/2020
Governo aprova linha de crédito de 20 milhões para produtores de plantas [Portugal]
21/09/2020
Crédito com juros menores para microempresários movimenta R$ 7 milhões [Brasil]