home > notícias

MUNDO

24/09/2019

14.ª edição do Estarrejazz aposta no jazz nacional

Seis concertos e a aposta no jazz nacional vão marcar a 14.ª edição do festival Estarrejajazz, que decorre entre os dias 03 e 12 de outubro no espaço do Cine-Teatro de Estarreja.

"Vamos levar o público a fazer uma viagem para conhecer o que de melhor se faz em Portugal, com Tomás Marques Quinteto, Alma Nuestra com la Orquesta Remolacha, Trio de João Paulo Esteves da Silva -- Brightbird, Desidério Lázaro, Elas e o Jazz, e a Orquestra de Jazz de Estarreja com Luís Portugal", explica a organização.

É com a "prata da casa" que o festival abre dia 03, com o jovem saxofonista Tomás Marques a encher a noite, acompanhado por Augusto Baschera na guitarra, Óscar Graça no teclado, Rodrigo Correia no contrabaixo e Diogo Alexandre na bateria.

Salvador Sobral, André Sousa Machado, Nelson Cascais e Victor Zamora, os Alma Nuestra, atuam no dia seguinte, acompanhados pela La Orquestra Remolacha que remete para os boleros e os mambos de Beny Moné, Peréz Prado e Mário Bauzá.

Durante o concerto, mais de 20 músicos prometem explorar clássicos cubanos com arranjos de jazz, revisitando La Habana caliente dos anos 40.

O trio do pianista João Paulo Esteves da Silva, composto pelo contrabaixista Mário Franco e baterista Samuel Rohrer, apresentam, no dia 05, o álbum "Brightbird".

Depois de "Moving" e "Subtractive Colors", que se distinguiu como o melhor disco de Jazz do seu ano pela Jazzlogical, Desidério Lázaro, presenteia os amantes do jazz no dia 10, com o seu mais recente trabalho: "Homegrown".

Numa narrativa musical contada a três vozes Joana Machado, Marta Hugon e Mariana Norton juntam-se em palco, no dia 11, num trabalho denominado "Elas e o Jazz" em que procuram recriar o universo dos musicais da Broadway e dos clubes de jazz.

Na última noite de festival, a 12, a Orquestra de Jazz de Estarreja convida Luís Portugal, o vocalista da banda "mítica e ícone dos anos 80" "Jafumega".

O festival dá continuidade a 13 anos de divulgação de jazz que já levou ao palco de Estarreja nomes como Salvador Sobral, Mária João, Bernardo Sassetti, Mário Laginha, Bernardo Moreira, Carlos Bica, Jeff Davis, Mário Delgado, Perico Sambeat, Carlos Barretto e Carles Benavent, e o cantor norte-americano Kurt Elling.

Fonte: Noticias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
28/07/2020
Guimarães mostra ao mundo o melhor da arte têxtil contemporânea
28/07/2020
Convento dos Capuchos em Sintra reabre ao público em 1 de agosto
28/07/2020
Museu em Lisboa possui das mais antigas representações da meloa e do cravo-túnico
28/07/2020
Comboio histórico do Douro vai circular aos sábados de agosto e setembro
28/07/2020
Festival Músicas do Mundo de Sines já tem datas e nomes para 2021
28/07/2020
Casa de Serralves arranca com obras em agosto para receber Coleção Miró