home > notícias

MUNDO

24/09/2019

Santuário Nacional pode virar Patrimônio Cultural do Brasil

Basílica de Aparecida é tema de projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados que a torna patrimônio do país

 

O Santuário Nacional de Aparecida e seus eventos e manifestações culturais e religiosas poderão se tornar patrimônio cultural material e imaterial do Brasil.

A medida faz parte de um projeto de lei que tramita na Câmara dos Deputados e que foi aprovado por unanimidade, na última quarta-feira, na Comissão de Cultura e agora segue para a Comissão de Constituição e Justiça.

De autoria do deputado federal Guilherme Mussi (PP-SP), o projeto autoriza o Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional) a decretar a Basílica e suas manifestações como patrimônio cultural do país.

"Essa construção monumental tem muita importância cultural para o nosso país", disse a deputada federal Rosana Valle (PSB-SP), relatora do projeto. "Todo ano mais de uma dezena de milhões de romeiros de todas as partes do país passam pelo santuário, incrementando o turismo e a economia do Vale do Paraíba".

Segundo ela, tanto a Basílica, enquanto edificação física, quanto os eventos a ela relacionados fazem parte de uma manifestação cultural que reflete uma identidade própria.

"É inegável que isso ocorre como expressão cultural que reflete não só uma identidade, mas uma memória de grupos formadores da sociedade brasileira que, em seu conjunto, exprimem suas práticas, sua história, sua religião, seu modo próprio de ser, de viver, de fazer e de criar"..

Fonte: O Vale



NOTÍCIAS RELACIONADAS
28/07/2020
Guimarães mostra ao mundo o melhor da arte têxtil contemporânea
28/07/2020
Convento dos Capuchos em Sintra reabre ao público em 1 de agosto
28/07/2020
Museu em Lisboa possui das mais antigas representações da meloa e do cravo-túnico
28/07/2020
Comboio histórico do Douro vai circular aos sábados de agosto e setembro
28/07/2020
Festival Músicas do Mundo de Sines já tem datas e nomes para 2021
28/07/2020
Casa de Serralves arranca com obras em agosto para receber Coleção Miró