home > notícias

MUNDO

08/10/2019

Cursos e afins: confira a agenda de outubro em São Paulo

Outubro está para começar, e com ele uma leva de cursos e debates sobre arte, cinema, literatura e cultura. A SP-Arte selecionou algumas das programações mais legais que começam no próximo mês para você se organizar e aproveitar ao máximo o que a cidade de São Paulo tem a oferecer!

SESC GUARULHOS

DESENHO DIGITAL

1 a 29 de outubro | 18h–21h | Gratuito

Aprenda a usar alguns dos populares programas de desenho disponíveis. Os participantes terão acesso a softwares, ferramentas como mesas digitalizadoras, mesas de luz, scanners e impressoras de grande formato para estimular a prática do desenho. Confira ainda dicas para melhorar a representação pelos traços, para desenvolver o próprio estilo e sugestões de quais ferramentas usar. 

MASP

MULHERES FOTÓGRAFAS E CONFLITOS POLÍTICOS NO SÉC. 20, COM ERIKA ZERWES

3 a 31 de outubro | 19h–22h | R$ 520

O curso examina momentos da história recente em que a cultura visual se aproximou da política no trabalho de mulheres fotógrafas, bem como os circuitos de produção e circulação das imagens, e os diálogos que estabeleceram, não só com artistas e intelectuais, mas também com movimentos políticos de relevância no período. Essas fotógrafas colocaram seu ofício e sua arte na linha de frente de conflitos que marcaram o século 20 na Europa e na América Latina, como a Guerra Civil Espanhola (1936-1939), a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) e os regimes ditatoriais no Brasil (1964-1985), Argentina (1976-1983) e Chile (1973-1990).

CENTRO CULTURAL SÃO PAULO (CCSP)

OFICINA COLABORATIVA DE MODELO VIVO

4, 11, 18 e 25 de outubro | 14h30 | Gratuita

Nesta oficina não há modelos, os próprios participantes se revezam posando entre si, permitindo que todos experimentem livremente as diversas facetas da produção artística. Ao se ver como artista e modelo, o participante expande seus limites perceptivos e passa a entender sua produção e a extensão do corpo de outra forma.

SESC 24 DE MAIO

PROJETOS CULTURAIS EM ARTES VISUAIS PARA ARTISTAS E REALIZADORES NEGROS, COM TIAGO GUALBERTO

9 de outubro a 23 de novembro | 10h – 13h | Gratuito

O objetivo deste curso é apresentar estratégias de aperfeiçoamento da redação de projetos culturais em artes visuais com enfoque nas demandas específicas do protagonismo negro. Este curso pretende potencializar a pluralidade e a criatividade dos participantes através do uso de referências bibliográficas, modelos de projetos artísticos e da troca de experiências.

ESPAÇØ

MULHERES PERFORMERS BR, COM BARBARA ARIOLA

10, 16, 21 e 31 de outubro | 19h – 22h | R$ 330

Acostumados a uma narrativa universalista da performance artística, neste curso será abordado o exercício da performance-arte sob a questão de gênero, visto que o corpo performático da mulher tem outras leituras, temáticas e abordagens, além do corpo latino-americano, especificamente brasileiro.

PROJETO MARIETA

AS MÚLTIPLAS FACES DE CAIO FERNANDO ABREU, COM GIL VELOSO, JEANNE CALLEGARI E FABRICIO GARCIA

23, 24, 30 e 31 de outubro | 19h30 – 21h30 | R$ 320

A literatura de Caio Fernando Abreu, sempre corajosa e resistente, buscava poetizar o que havia de mais cru e cruel em sua existência. Hoje, mais de duas décadas após sua morte, o escritor gaúcho segue irremediável, moderno e atualíssimo, não se deixando classificar. Nestes encontros, os participantes terão acesso a material inédito, como cartas e diários do autor, que pertencem ao acervo de Gil Veloso. Também serão abordadas as múltiplas faces de Caio F., numa dança onde ritmos, sons e nuances ecoam até que se perca de vista a linha tênue entre sua vida e a escrita de si.

CASA GUILHERME DE ALMEIDA

DEBATE DO CICLO “MULHER NA DIREÇÃO: LATINAS” E EXIBIÇÃO DO FILME “O PÂNTANO” (2001), DE LUCRECIA MARTEL, COM JOYCE PAIS E LUÍSA PÉCORA

26 de outubro de 2019 | 14h | Gratuito

Ciclo de exibições e debates que lança luz sobre o cinema feito por mulheres, com um primeiro recorte na América Latina. A partir de obras de diferentes países, gêneros, temas e épocas, Joyce Pais e Luísa Pécora convidam o público a refletir sobre a variedade desta produção, o lugar da mulher e outros aspectos da sociedade latino-americana.

 

Fonte: SP-ARTE



NOTÍCIAS RELACIONADAS
08/10/2019
Pesquisa da FGV revela que o teatro musical movimentou R$1 bilhão na capital paulista em 2018
08/10/2019
Vários filmes portugueses em competição em São Paulo
08/10/2019
Cinema brasileiro conquista seis prêmios no Festival Biarritz América Latina
08/10/2019
Sétima edição do Outono em Jazz com 11 concertos internacionais no Porto
08/10/2019
Bienal Videobrasil traz trabalhos de 55 artistas de 28 países
08/10/2019
Trienal de Arquitetura de Lisboa abre com exposição 'Economia de Meios'