home > notícias

MUNDO

08/10/2019

Vários filmes portugueses em competição em São Paulo

Os filmes portugueses 'Alva', de Ico Costa, 'O filme do Bruno Aleixo', de João Moreira e Pedro Santo, e 'Patrick', de Gonçalo Waddington, competem na 43.ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, este mês no Brasil, foi hoje anunciado.

De acordo com informação disponível no site oficial do festival, além de 'Alva', 'O filme do Bruno Aleixo' e 'Patrick', integra ainda a competição Novos Diretores a coprodução portuguesa 'Tragam-me a cabeça de Carmen M.', da portuguesa Catarina Wallenstein e do brasileiro Felipe Bragança.

'Alva', a primeira longa-metragem de ficção de Ico Costa, que teve estreia mundial no Festival Internacional de Cinema de Roterdão no início deste ano, "conta a história de Henrique, um homem que vive sozinho no interior de Portugal, que após ter-lhe sido retirada a custódia das filhas, certo dia sai em busca da psicóloga encarregada do processo para obter algum tipo de vingança".

"A partir desse momento esconde-se na floresta por vários dias, tentando não mais que sobreviver", segundo a produtora Terratreme.

'O filme do Bruno Aleixo' centra-se em Bruno Aleixo, personagem humorística criada por João Moreira e Pedro Santo que surgiu na internet em 2008.

O filme, de acordo com João Moreira em declarações à Lusa, aborda "vários episódios" da vida da personagem ficcional, ao mesmo tempo que procura ser uma "homenagem ao cinema", com referências à cultura pop da sétima arte.

'O filme do Bruno Aleixo' foi gravado entre Anadia (na Bairrada) e Coimbra, contando com a participação de atores como Gonçalo Waddington, José Raposo, Rogério Samora, Adriano Luz ou José Neto.

'Patrick' é a primeira longa-metragem de Gonçalo Waddington como realizador. No filme, o ator luso-francês Hugo Fernandes é Patrick, um jovem adulto a viver em Paris e que numa noite é detido numa festa. As autoridades descobrem-lhe a verdadeira identidade e Patrick é afinal Mário, português que tinha sido raptado e separado da família, em Portugal, aos 12 anos.

O rapto é apenas o pano de fundo para uma ficção sobre conflito e identidade: quem é Patrick/Mário entre a vida em Paris, o reencontro com a família em Portugal, a profunda ligação ao homem, pedófilo, que o raptou, e a definição de uma individualidade, entre a adolescência e a idade adulta.

Em 'Tragam-me a cabeça de Carmen M', Ana, uma atriz portuguesa no Rio de Janeiro (interpretada por Catarina Wallenstein, que assina a realização com Felipe Bragança) "mergulha no atual pesadelo político brasileiro, enquanto se prepara para encarnar o papel da fantástica luso-brasileira Carmen Miranda, num misterioso filme que se avizinha", de acordo com a sinopse do filme.

Na secção Perspectiva Internacional da 43.ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo serão exibidos outros seis filmes portugueses: 'Campo', de Tiago Hespanha, 'Hálito Azul' e 'Surdina', de Rodrigo Areias, 'Technoboss', de João Nicolau, 'Tristeza e alegria na vida das girafas', de Tiago Guedes, e 'Viveiro', de Pedro Filipe Marques.

Além disso, a programação da 43.ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo, que decorre entre os dias 17 e 30 deste mês, inclui também 'Anteu', de João Vladimiro, 'Declive', de Eduardo Brito, e 'Ambulatório através da poesia de Augusto dos Anjos e António Nobre', de Pedro Bastos.

 

Fonte: Notícias ao Minuto



NOTÍCIAS RELACIONADAS
08/10/2019
Pesquisa da FGV revela que o teatro musical movimentou R$1 bilhão na capital paulista em 2018
08/10/2019
Cinema brasileiro conquista seis prêmios no Festival Biarritz América Latina
08/10/2019
Sétima edição do Outono em Jazz com 11 concertos internacionais no Porto
08/10/2019
Bienal Videobrasil traz trabalhos de 55 artistas de 28 países
08/10/2019
Trienal de Arquitetura de Lisboa abre com exposição 'Economia de Meios'
08/10/2019
Cursos e afins: confira a agenda de outubro em São Paulo